O Governo e a Ordem dos Veterinários são Organizações Terroristas que devem ser julgadas e condenadas por quererem obrigar os veterinários a comportar-se como Polícia do Estado coagindo os cidadãos a chipar e a vacinar obrigatoriamente os seus animais de estimação, violando dessa forma a Lei de protecção dos animais de companhia, a integridade física e a saúde dos animais, a Constituição da República Portuguesa, as respectivas Convenções Europeias dos Direitos dos Animais e Humanos e os Direitos Humanos!

A greve dos motoristas e dos combustíveis que está a provocar o caos nacional e noutros países é um atentado de Terrorismo de Estado com a cumplicidade das autoridades internacionais, policiais, militares e dos Sindicatos para despedir todos os motoristas e substituí-los por camiões eléctricos porque o governo vai dizer que é mais sustentável e seguro os camiões eléctricos do que ceder às reivindicações dos motoristas! Agenda 2030 cibernética e transhumanista em andamento!

A sustentabilidade da segurança social e do sistema de pensões que requer reforma aos 69 anos é um estudo criminoso encomendado por uma das organizações terroristas em Portugal, a Fundação Francisco Manuel dos Santos, para manter a maior parte da sociedade portuguesa a trabalhar para monopólios empresariais para enriquecer ainda mais os ricos e milionários e impedir a distribuição de riqueza continuando a destruir as famílias portuguesas e o tecido produtivo português!

A Judiaria internacional Zionista (falsos judeus) destruíram a Catedral de Notre Dame como parte da Agenda 2030 cibernética e transhumanista para implementar os hologramas em espaços históricos e para destruir os locais sagrados (Ley Lines) e eliminar toda a história da humanidade para desligar a espécie humana das esferas espirituais dificultando a evolução espiritual das pessoas que são facilmente formatadas e programadas a cometer os mesmos erros ciclicamente e a comportarem-se como autómatos para servirem as elites judaicas zionistas como escravos sem história, sem memórias, sem Alma, sem Espírito e sem Vida, mortos-vivos!