Segurança acusado de racismo e agressão por jovem colombiana no Porto é uma encenação e operação false flag para o Governo aprovar sem resistência a nova Lei da segurança privada com medidas securitárias, cibernéticas e transhumanistas!

A jornalista Fernanda Câncio, uma agente ao serviço da agenda 2030 transhumanista do desenvolvimento sustentável, ou seja, do desenvolvimento do genocídio humano, animal e o controlo de toda a natureza, uma agente ao serviço da esquerda terrorista e criminosa, e que como já aqui vos mostrei, a Fernanda Câncio é um dos principais protagonistas do Diário de Notícias a promover a agenda cibernética e transhumanista de uma forma altamente subtil, engenhosa e subversiva! E aqui está ela mais uma vez a tirar partido de um episódio de uma suposta agressão que eu não acredito que tenha acontecido e que teve uma cobertura mediática muito agressiva e prioritária e com especial destaque em todos os órgãos de comunicação social precisamente numa semana decisiva em que o governo está prestes a aprovar a nova lei de segurança privada! Que agressão racista e xenófoba tão oportuna e conveniente!

O que é que os incêndios, os casos diários de violência na discoteca Urban Beach, o roubo de material militar de Tancos e o fugitivo Israelita de Caxias, têm em comum? Monitorização e Vigilância Electrónica! Agenda 2030 Transhumanista do Desenvolvimento Sustentável! E no seguimento dessa Agenda 2030 Genocida do Desenvolvimento Sustentável e Transhumanista, um falso atentado foi cometido em Portugal com crisis actors para o governo aprovar sem resistência a nova lei da segurança privada com medidas securitárias, cibernéticas e transhumanistas!

Todos os órgãos de comunicação social deram destaque a este suposto ataque racista e xenófobo que ocorreu no Porto, no Bolhão, numa fila de uma paragem da STCP, ataque esse cometido por um fiscal e agente de segurança (palavras chave) que trabalha como fiscal de bilhetes de transportes públicos e como segurança para a empresa de segurança 2045 a mesma empresa de segurança do Sporting! Que coincidência e oportuno logo após a polémica do Sporting!

O Diário de Notícias criou uma secção de destaque no próprio site para dar especial destaque a este caso com o nome “O caso das agressões“. A própria TVI abriu o jornal das 8 de quinta-feira, dia 28, com este caso! E as fotos que foram divulgadas pela comunicação social das supostas agressões não coincidem umas com as outras e parecem-me fotos editadas e retocadas com editores de imagem e com o uso de maquilhagem cinematográfica que os famosos crisis actors usam nos ataques false flag de falsa bendeira!

O vídeo que foi usado para espalhar a notícia não nos mostra agressão nenhuma, é um vídeo curto de apenas alguns segundos e como é possível existir assim tanto sangue no chão se a Nicol (a colombiana com sotaque do porto que supostamente foi agredida) apenas apresenta um ligeiro arranhão e o lábio inchado do lado esquerdo? E como é possível a Nicol apresentar a cara e o lábio em condições totalmente diferentes em várias fotos? Numas fotos o lábio está inchado e arrebentado e noutras já não está!

Neste vídeo a comunicação social com base no testemunho da amiga da Nicol, uma peruana DJ a viver no Porto,  afirmam que Nicol levou pontapés na cara! Como é possível alguém levar pontapés na cara e ficar com apenas um ligeiro arranhão e um lábio inchado? Numas fotos bem nítidas a Nicol apenas tem um ligeiro arranhão e o lábio sem nenhuma marca e sem nenhum sinal de agressão, e noutras fotos que foram publicadas no dia das supostas agressões, ela já aparece com o lábio inchado e arrebentado do lado esquerdo e a cara toda pintada e riscada de sangue e com o cabelo e as raízes ligeiramente pintadas que parece tinta de maquilhagem ou tinta de efeitos especiais cinematográficos para imitar o sangue!

Capa do Jornal de Notícias 29-06-2018

Isto é tudo mentira, uma bruta de uma encenação em que todas as autoridades,a PSP, a empresa 2045, o governo, e toda a comunicação social estão envolvidos! O agente fiscal e de segurança está metido, e por isso é que ainda não apareceu para dar o seu testemunho! Os agentes da PSP que foram chamados ao local e que não retiraram os capacetes para não serem identificados, evidentemente que também estão envolvidos nesta farsa porque é a PSP que anda a promover a agenda 2030 transhumanista com as suas pulseiras para crianças no programa Estou Aqui da PSP, logo, a direcção da PSP é também parte do problema porque está metida nas agendas!

E a STCP também está metida porque eles querem implementar sistemas de identificação e monitorização electrónica para controlar as entradas e saídas nos transportes públicos, tudo parte da agenda cibernética e transhumanista, a agenda do desenvolvimento sustentável 2030. E se as pessoas não acordarem de vez para esta realidade, a maior parte dos funcionários de todos os organismos e empresas pública e privadas vão apanhar grandes surpresas e choques emocionais porque vão ser despedidos quando menos esperarem porque ninguém vai ser poupado se não fizer parte parte das seitas maçónicas e dos seus protegidos!

Eles estão a usar o racismo para criar conflitos e um problema na sociedade, e dessa forma provocam reacções populares para conseguirem implementar as agendas robóticas e transhumanistas sem resistência das populações em nome do acabar com o racismo e com a xenofobia porque as pessoas pensam que essas medidas de monitorização, rastreios e controlo electrónico que eles querem implementar é bom para acabar com o racismo e a xenofobia supostamente praticado por fiscais e agentes de segurança privada e pelas forças de segurança pública! Por isso é que a comunicação social deu ênfase às palavras fiscal e agente como sendo o suposto agressor da Nicol!

Eles querem acabar com os fiscais, com os funcionários públicos e acabar com a maior parte dos agentes de segurança pública para os substituir por dispositivos de identificação, rastreamento e monitorização electrónica! Isto é apenas uma fase de condicionamento mental que eles estão a fazer às populações! A próxima fase é a aprovação da nova legislação de segurança privada que já está em fase de finalização e que pretende implementar estas medidas de segurança electrónica e transhumanista, alterar a legislação para substituir a segurança pública e a fiscalização dos meios públicos como os transportes públicos e os eventos culturais e desportivos como as entradas nos estádios de futebol, pela monitorização electrónica para que as entradas nos transportes e nos recintos públicos e estádios de futebol sejam controladas e monitorizadas com dispositivos electrónicos obrigatórios!

E a longo prazo eles querem mesmo acabar com a maior parte dos fiscais e dos agentes de segurança pública e acabar com todos os funcionários públicos para os substituir por centrais de monitorização electrónica através da videovigilância e das telecomunicações! Eles usam pequenos detalhes na comunicação social para vos manipular mentalmente com palavras e expressões chave! E neste caso as principais palavras e expressões chave que estão a ser usadas pela comunicação social para vos manipular são: fiscal, agente, monitorizar a situação, transportes públicos, passe, passar à frente na fila dos transportes, lei da segurança privada, fiscalização dos autocarros, prova perdida, registo de ocorrência, falhas na identificação.

“Para nos opormos ao redor do mundo a uma conspiração monolítica e impiedosa que conta principalmente com meios encobertos para expandir sua esfera de influência – na infiltração em vez de invasão, em subversão em vez de eleições, em intimidação em vez de livre escolha, em guerrilhas à noite em vez de exércitos de dia. É um sistema que tem recrutado vastos recursos humanos e materiais para a construção de uma máquina altamente eficiente e coesa, que combina operações militares, diplomáticas, de inteligência, económicas, científicas e políticas.

Suas preparações são escondidas, não publicadas. Seus erros são enterrados, e não noticiados. Seus dissidentes são silenciados, não elogiados. Nenhuma despesa é questionada, nenhum rumor é impresso, nenhum segredo é revelado.”

E existe um perigo muito grave de que um pedido pela necessidade de aumentar a segurança seja aproveitada por aqueles que estão ansiosos para expandir o seu significado para os próprios limites da censura oficial e ocultação, e isso eu não tenho a intenção de permitir, na medida em que está sob meu controle.” – John F. Kennedy – Discurso Completo

É assim que essas máfias querem implementar o Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 Cibernética e Transhumanista que de outra forma as populações jamais aceitariam. Eles precisam sempre de um pretexto, uma desculpa, uma fragilidade que exploram na sociedade, neste caso o racismo e xenofobia, reparem que eles até escolheram uma colombiana molata (xenofobia) e uma colega da Nicol de pele escura (racismo), para conseguirem levar as pessoas a aceitar as medidas de segurança que pretendem acabar com a liberdade e a privacidade das pessoas para as rastrear, identificar, monitorizar e explorar ao mais ínfimo pormenor com dispositivos electrónicos de rastreamento humano! O John F. Kennedy alertou-nos disso! E por isso é que querem destruir o Donald Trump porque ele tem um dos sobrinhos do Kennedy, o Robert Kennedy Jr. que foi nomeado pelo Donald Trump para investigar a ligação entre as doenças como o autismo e as vacinas!

Eles querem substituir todas as áreas sociais por sistemas e dispositivos de identificação, rastreamento, monitorização e controlo electrónico e cibernético, automatizado! Isto vai de encontro à revolução na Justiça que a Ministra da Justiça disse que vai acontecer em Portugal! Eles estão a fazer isto em todas as áreas, e já aqui vos mostrei como estão a fazê-lo na área da Saúde para substituir os Médicos por Telemedicina! Uma grande parte dos médicos e restantes profissionais de saúde que não fazem parte da ordens e das seitas maçónicas, é para substituir por Telemedicina no seguimento da Agenda 2030 Transhumanista!

E neste caso em concreto da suposta agressão racista e xenófoba, como as provas do crime se perderam e não houve registo da ocorrência, há que retirar as licenças às empresas de segurança, as empresas ficam assim com uma justificação para despedir os trabalhadores por justa causa (porque não têm licença de funcionamento, tal como aconteceu com a Celtejo no caso do Rio Tejo) e logo a seguir os governos e as empresas tecnológicas implementam videovigilância, controlo biométrico e sistemas automatizados de recolha de prova!

4 thoughts on “Segurança acusado de racismo e agressão por jovem colombiana no Porto é uma encenação e operação false flag para o Governo aprovar sem resistência a nova Lei da segurança privada com medidas securitárias, cibernéticas e transhumanistas!

    1. Sim eu reparei nessa foto com os lábios inchados do outro lado mas como me apercebi que era uma foto invertida, não a publiquei! Só não percebi porque razão inverteram essa foto! Talvez tenha sido a própria máquina ao tirar a foto que já a tirou invertida, não sei! Mas eu reparei nisso!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.