A retirada dos sedimentos do Rio Tejo é um atentado terrorista cometido pelas autoridades portuguesas para retirar o ouro e a prata do fundo do rio e extrair metais de terras raras que são um mercado de nicho que valem pelo menos 5 biliões de dólares no mercado tecnológico, farmacêutico e biomédico!

Eu sabia que havia algo de muito errado com a retirada dos sedimentos do Rio Tejo! Confirma-se tudo o que vos revelei sobre a poluição no Rio Tejo! Foi tudo um grande estratagema cometido pelo Estado e pelas grandes empresas e autoridades de Portugal, incluindo os terroristas ambientalistas da Quercus, da Zero e da Pro Tejo! Toda a novela do Rio Tejo serviu precisamente para a retirada de ouro, prata e de metais preciosos de terras raras que existem naturalmente nos rios e oceanos e em concentrações elevadas no Rio Tejo com elevado valor económico!

Estes metais são essenciais para a existência de vida, para o equilíbrio do ecossistema e para o ciclo hidrológico, mas valem pelo menos 5 biliões de dólares no mercado tecnológico, farmacêutico e biomédico!

Com isto eles estão a fazer várias coisas: poluem o rio Tejo propositadamente com empresas seleccionadas para isso e que fazem parte do esquema, como a Celtejo do grupo Altri, criam um problema ambiental que provoca uma reacção popular usando os ambientalistas como a Pro Tejo, a Quercus e a Zero para incendiar a polémica, implementam a monitorização automática para controlar e racionar os recursos hídricos, aprovam legislação que limita o uso da água às empresas através de licenças de utilização dos recursos hídricos, para mais tarde proibir e limitar o consumo de água pública às populações em geral!

E com a retirada dos sedimentos do fundo do rio Tejo destroem o ecossistema precisamente em nome da defesa do ambiente (eles fazem tudo ao contrário do que dizem fazer porque são satânicos), e destroem o natural ciclo hidrológico porque os sedimentos e as terras raras são extremamente importantes na defesa do ambiente, da vida e são essenciais ao ciclo hidrológico! E assim criam um ciclo hidrológico artificial com a geoengenharia!

E ainda ganham biliões de dólares no mercado tecnológico, farmacêutico e biomédico com a venda dos metais de terras raras extraídos do Rio Tejo! Por isso é que o Rio Tejo está na agenda nacional e na agenda ibérica e também está de forma forçada na Comissão Europeia!

Isto é inacreditável e ultrapassa tudo o que eu próprio imaginava ser possível, ainda é pior do que o que eu pensava sobre a polémica no Rio Tejo! Estamos perante entidades e indivíduos altamente criminosos, corruptos, inteligentes e atrozes com uma capacidade de persuasão, de engano e de manipulação social extremamente elevada!

Enquanto a Elite Cabal com os seus lacaios e agentes ambientalistas organizam manifestações contra a exploração do petróleo, contra as energias fósseis e contra a energia nuclear, eles entretêm a população e desviam a atenção dos assuntos mais importantes para dessa forma avançarem com as agendas transhumanistas (desenvolvimento sustentável e agenda 2030) sem resistência populacional!

Referências:

Ocorrência de ouro nos depósitos pliocénicos da região de Cruz de Pau (Seixal)

MINERAÇÃO AURÍFERA ANTIGA, A CÉU ABERTO, NO CENTRO E SUL DO DISTRITO DE CASTELO BRANCO

RECURSOS MINERAIS O POTENCIAL DE PORTUGAL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.