O Director do Diário de Notícias Ferreira Fernandes e a Directora Executiva Catarina Carvalho são agentes illuminati ao serviço da Agenda 21 e 2030 Cibernética e Transhumanista! Traidores!

Aqui está a publicação que Catarina Carvalho, directora executiva do Diário de Notícias, publicou ontem, dia 11 de Novembro de 2018 no Diário de Notícias! Esta gaja, juntamente com o director, são traidores, são agentes illuminatis ao serviço da Agenda Transhumansita, a Agenda 21 e 2030! Estas bestas têm de ser todas identificadas e expostas a público para que todos possam ver a quem eles servem, o que fazem, com que intenções e para que a sua verdadeira identidade possa ser conhecida por todos para que ninguém seja enganado e manipulado! Já que eles nos querem identificar e controlar a todos, vamos identificá-los também para que eles sintam na pele o que nos querem fazer! Pimenta no cú dos outros é refresco no nosso!

O Diário de Notícias trabalha para os illuminati no seguimento da Agenda 21 e 2030 Cibernética e Transhumanista!!

A verdadeira história da Web Summit dos illuminati!

A verdadeira história sobre o caso José Silvano e Emília Cerqueira, actores illuminati com o objectivo de substituir as passwords por sistemas de autenticação biométrica e Smart Phones!

O meme da atriz Catarina Martins do bloco de esquerda, o actor Manuel Vilarinho Pires da Direita Política e o pedófilo Ferro Rodrigues que subiu ao poder político à custa da tragédia da queda da ponte Entre-os-Rios, são todos illuminatis a gozar com a população Portuguesa com o seu jogo favorito, o jogo de cartas illuminati!

Agentes illuminati infiltrados nas autoridades nacionais assassinaram a guarda prisional Carla Amorim para a implementação de medidas securitárias que tem como principal objectivo destruir as Forças Armadas e desarmar o exército e todas as forças de resistência nacionais!

Este Artigo foi publicado para fins legítimos de interesse público, meramente informativos e educacionais. As informações apresentadas neste canal têm como finalidade informar e sensibilizar todos os cidadãos portugueses e estrangeiros sobre assuntos de elevado interesse público!

A Lei Federal permite aos cidadãos reproduzir, distribuir, ou exibir partes de material protegido por direitos de autor, em determinadas circunstâncias sem a autorização do detentor dos direitos autorais, chama-se a isto “uso justo” e é permitido para efeitos de crítica, de informação, para fins educacionais e de comédia.

This site contains copyrighted material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. It is being made available in an effort to advance the understanding of environmental, political, human rights, economic, democracy, scientific, and social justice issues, and so on. It is believed that this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, the material on this site is distributed without profit to those who have expressed a prior interest in receiving the included information for research and educational purposes. If you wish to use copyrighted material from this site for purposes of your own that go beyond ‘fair use’, you must obtain permission from the copyright owner.

Constituição da República Portuguesa

TÍTULO X
Defesa Nacional

Artigo 273.º
Defesa nacional

1. É obrigação do Estado assegurar a defesa nacional.

2. A defesa nacional tem por objectivos garantir, no respeito da ordem constitucional, das instituições democráticas e das convenções internacionais, a independência nacional, a integridade do território e a liberdade e a segurança das populações contra qualquer agressão ou ameaça externas.

Artigo 21.º
Direito de resistência

Todos têm o direito de resistir a qualquer ordem que ofenda os seus direitos, liberdades e garantias e de repelir pela força qualquer agressão, quando não seja possível recorrer à autoridade pública.

Artigo 276.º
Defesa da Pátria, serviço militar e serviço cívico

1. A defesa da Pátria é direito e dever fundamental de todos os portugueses.

“The very word “secrecy” is repugnant in a free and open society; and we are as a people inherently and historically opposed to secret societies, to secret oaths and to secret proceedings.”
– John Fitzgerald Kennedy

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.