A Direção-Geral da Saúde e a Assembleia da República querem acabar com as taxas moderadoras nos centros de saúde para provocar o caos nos centros de saúde para implementar a Telemedicina e para diagnosticar qualquer doença aos utentes de forma a sujeitá-los a consultas e exames que se seguem ao primeiro diagnóstico!

As autoridades de saúde e a elite cabal estão a preparar o colapso total dos centros de saúde acabando com as taxas moderadoras! Pode parecer um contra-senso mas eles sabem muito bem o que estão a fazer. Acabar com as taxas moderadoras nos centros de saúde é o mesmo que abrir shoppings e hypermercados e deixar qualquer pessoa entrar para levar o que lhe apetecer de graça! É a anarquia total! É o caos! É a guerra civil na saúde!

Se as pessoas pudessem entrar num hipermercado e fazer compras de graça, a maior parte das pessoas iria comportar-se como autênticas bestas tirando mais do que aquilo que precisam e não partilhando nada com ninguém! Este é um dos principais problemas no mundo! Agora imaginem isto nos centros de saúde em que as pessoas vão poder marcar consultas e exames de graça independentemente da sua situação económica e social! Vai ser um pandemónio nos centros de saúde, e é isso que as bestas alienígenas querem fazer! Provocar o caos para implementar a Telemedicina e para diagnosticar qualquer doença aos utentes de forma a sujeitá-los a consultas e exames que se seguem ao primeiro diagnóstico! Eles querem inventar e diagnosticar doenças a toda a gente!

Não é preciso ser-se um especialista na matéria para adivinhar o que vai acontecer nos centros de saúde com o fim das taxas moderadoras para qualquer pessoa independentemente da sua condição social, vai ser uma espécie de corrida aos hipermercados com tudo de graça e os primeiros a chegar vão ser os primeiros a ser melhor atendidos! Não me admira nada que a partir de sexta-feira os centros de saúde vão ser transformados em parques de campismo nocturnos!

Muitos médicos já devem estar a esfregar as mãos com aquele riso cínico porque vão ganhar muito dinheiro sujo acabando com as taxas moderadoras mas não alargando a comparticipação de medicamentos porque assim ganham muito mais dinheiro! Se as autoridades de saúde estivessem de boa fé e quisessem mesmo o bem das populações acabavam com as taxas moderadoras mas também alargavam a comparticipação dos medicamentos! Eles não fazem isso porque estão de má fé a engendrar mais um esquema para ganharem muito dinheiro à custa da ignorância das pessoas que gostam de se fazer de vítimas e doentinhas querendo tudo de graça mas não dando nada a ninguém!

O que as autoridades de saúde e os políticos querem fazer é alargar o fim das taxas moderadoras a qualquer pessoa independentemente da sua situação económica para alcançar as pessoas que têm dinheiro e obrigá-las a se sujeitar a tratamentos e fármacos após o primeiro diagnóstico que é de graça para servir de isco, que eles querem usar para diagnosticar falsamente qualquer anomalia ou doença com valores paramétricos adulterados para diagnosticarem falsas doenças! Isto é um estratagema para caçar as pessoas com dinheiro e direccioná-las para a compra de fármacos e tratamentos!

É o euro-milhões para toda essa corja satânica da indústria médica e farmacêutica! Mas a culpa é das pessoas que continuam a bajular essas bestas das autoridades de saúde que só têm autoridade porque as pessoas continuam a acreditar que as autoridades existem para o nosso bem quando é precisamente o contrário, o próprio conceito de autoridade é demoníaco porque é uma violação da nossa vontade, do nosso livre arbítrio, do nosso corpo, do nosso ser!

Uma das coisas que me tenho apercebido é que em dias de festa como por exemplo as festas populares e dias de feira, as urgências hospitalares e os centros de saúde estão sempre muito vazios! As pessoas nesses dias perdem logo as doenças todas! O que me leva a concluir que existem mais doentes do que doenças e muitas das doenças são nocebos, isto é, reacções psicológicas e emocionais!

Continuar a ler sobre este assunto:

O Ministério da Saúde e a Ordem dos Médicos querem despedir a maior parte dos enfermeiros para implementar a Telemedicina e para isso necessitam de afastar e denegrir a imagem da Bastonária da Ordem dos Enfermeiros (Ana Rita Cavaco) porque até 2030 eles querem acabar com a enfermagem pública e usar apenas a enfermagem privada ao domicílio!

Sexta às 9 da RTP: Mais uma reportagem encomendada pelos illuminati para substituir os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica por Telemedicina e pela inteligência artificial!

A Ordem dos Médicos e a Maçonaria quer substituir os Médicos e Enfermeiros por Telemedicina!

Bebé de dois anos morta pelo pai é uma operação mediática encenada pelos serviços de inteligência e pelas autoridades médicas (polícia judiciária e os illuminati), para aprovar legislação em nome da violência doméstica que está a ser usada para retirar as crianças aos pais, drogá-las e vaciná-las à força, controlar as crianças com dispositivos biométricos de rastreabilidade humana (chips RFID e pulseiras electrónicas) como fazem com o gado, e implementar os Crime Maps!

A Geoengenharia e o Codex Alimentarius estão a ser usados para impedir que o óleo de Cristo que está dentro de nós lubrifique e distribua a energia por todo o corpo, iluminando-o! E para isso necessitamos do Sol que é a fonte de energia necessária à alquimia dos corpos pela fusão dos elementos que é o que nos permite alcançar a iluminação interior!

As luzes LED usadas na iluminação pública, nos telemóveis, televisores, computadores e nas lâmpadas LED que estão a ser vendidas para iluminação doméstica e empresarial são emissores de radiação infravermelha e dispositivos de espionagem que conseguem capturar e transmitir som e imagem!

O sulfato de bário está a ser pulverizado na atmosfera porque absorve mais fortemente os raios X que o complexo industrial militar, médico e farmacêutico estão a usar com os satélites de imagiologia para obter imagens de raios X do corpo-humano e de toda a natureza terrestre para fins clínicos e científicos!

A Ordem dos Médicos e as autoridades de saúde e governamentais de Portugal e Espanha são grupos de terrorismo que estão a seguir as orientações da UNESCO e das Nações Unidas para reduzir a população mundial em programas de eugenia e esterilização!

Bebé de dois anos morta pelo pai é uma operação mediática encenada pelos serviços de inteligência e pelas autoridades médicas (polícia judiciária e os illuminati), para aprovar legislação em nome da violência doméstica que está a ser usada para retirar as crianças aos pais, drogá-las e vaciná-las à força, controlar as crianças com dispositivos biométricos de rastreabilidade humana (chips RFID e pulseiras electrónicas) como fazem com o gado, e implementar os Crime Maps!

A tentativa de rapto no Hospital de S. João é uma operação mediática encenada pelos serviços de inteligência e pelas autoridades médicas que querem aprovar legislação para a implementação de medidas de segurança biométricas e pulseiras electrónicas com chips RFID nos profissionais de saúde, nos doentes, nas grávidas e nos bebés recém-nascidos, como fazem com os presos!

A Ordem inconstitucional dos Médicos ameaça a População Portuguesa com atentados terroristas sob a forma de “formas inéditas de protesto” porque não quer que as pessoas se curem com práticas Ancestrais, Tradicionais e Naturais de Medicina!

Os planos de parto são um Cavalo de Tróia para aprisionar os Portugueses em Gulags (Smart Cities que começam nos Hospitais), continuar a destruir o Matriarcado, acabar com a autoridade das Mães sobre os seus Filhos e obrigar os bebés que nascem a se alimentarem com fórmulas infantis em vez de mamarem nas Tetas da sua Mãe!

A tentativa de rapto no Hospital de S. João é uma operação mediática encenada pelos serviços de inteligência e pelas autoridades médicas que querem aprovar legislação para a implementação de medidas de segurança biométricas e pulseiras electrónicas com chips RFID nos profissionais de saúde, nos doentes, nas grávidas e nos bebés recém-nascidos, como fazem com os presos!

One thought on “A Direção-Geral da Saúde e a Assembleia da República querem acabar com as taxas moderadoras nos centros de saúde para provocar o caos nos centros de saúde para implementar a Telemedicina e para diagnosticar qualquer doença aos utentes de forma a sujeitá-los a consultas e exames que se seguem ao primeiro diagnóstico!

  1. Caro ET, o que gostaria de colocar é que pessoas que são irresponsáveis com suas saúdes (quem acredita e vai em mérdicos) merece algum respeito ou consideração?
    Se elas próprias são poços de corrupção consigo mesmas, mesmo assim elas merecem uma segunda chance?
    Se elas em vez de preservarem seus equipamentos preferem fazer todo tipo de imundície em nome do “amor”, da “felicidade” e do prazer, mesmo assim merecem que os outros limpem de dentro delas as imundícies postas por elas próprias?
    Como vê, muitas vezes, aliás, sempre, a origem do mal não está no estadeus, mas sim e sobretudo nas próprias pessoas, os “coitadinhos” que o governo, o estadeus, fode!
    QUEM VAI A MÉRDICOS MERECE MÉRDICOS, QUEM ACEITA REMÉRDIOS MERECE FARMÁFIAS! Isso é axiomático!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.