A verdadeira história da tragédia da queda da ponte de Entre-os-Rios que foi detonada com uma demolição controlada com a cumplicidade do Estado Português, do Ministério Público e do Supremo Tribunal de Justiça!

Ler também: A queda da ponte Hintze Ribeiro de Entre-os-Rios a 4 de Março de 2001 que provocou a morte a 59 pessoas incluindo mães, crianças e bebés foi provocada com armas escalares de energia dirigida, Nano-tech Disassembler Weapons (NDWs)

A ponte de Entre-os-Rios foi detonada com demolição controlada e programada à distância com o uso de armas de energia dirigida tal como fizeram nos atentados do 11 de Setembro nos Estados Unidos para mandar abaixo as torres gémeas e o World Trade Center. Se a ponte tivesse caído por um dos pilares ter desabado (versão oficial) não haveria estrondo nenhum nem tremor de terra como muitas testemunhas ouviram e sentiram, ainda para mais a altura da ponte era apenas de 50 metros e as águas do rio estavam muito próximas do tabuleiro da ponte porque estava a chover muito e o nível da água do rio estava muito alto com a água muito próxima do tabuleiro da ponte! Se o pilar tivesse desabado não haveria estrondo nenhum nem a terra teria tremido! Foi uma demolição controlada!!! Foi um atentado terrorista que envolveu o Estado, Ministério Público, Supremo Tribunal de Justiça, Militares e vários grupos de interesse do Estado que depois desta tragédia apoderaram-se e desviaram muito dinheiro público para a inspecção, requalificação e construção de novas pontes!

A versão oficial da queda da ponte é tudo mentira! Foi uma operação militar com demolição controlada subaquática e um atentado de terrorismo de Estado que envolveu muitas entidades, empresas e interesses políticos, económicos e financeiros que desviou elevadas quantias de dinheiro para muitas organizações, institutos e empresas principalmente ligadas à engenharia civil, operações de resgate e salvamento e inspecção, reabilitação e construção de pontes como a empresa Xavi-Sub que é uma empresa com historial militar, com presença em Angola e no Afeganistão e que esteve envolvida na demolição da Ponte de Entre-os-Rios e no roubo dos metais de terras raras do rio Tejo na operação Tejo 2018 que foi um atentado de terrorismo de Estado que matou o Rio Tejo porque qualquer rio sem metais de terras raras morre porque fica desmineralizado, fica estéril!

Eles reencaminharam as lamas com metais preciosos de terras raras que valem biliões de dólares no mercado tecnológico, farmacêutico e biomédico! Mataram o rio Tejo em nome de uma falsa poluição com uma contaminação que eles próprios provocaram com a Geo-Engenharia para justificarem uma intervenção de extração de metais de terras raras do rio Tejo (Operação Tejo 2018) e venderem esses metais por biliões de dólares ao mercado tecnológico, farmacêutico e biomédico! A retirada dos sedimentos do Rio Tejo foi um atentado terrorista cometido pelas autoridades portuguesas para retirar o ouro e a prata do fundo do rio e extrair metais de terras raras que são um mercado de nicho que valem biliões de dólares no mercado tecnológico, farmacêutico e biomédico que é o complexo industrial militar, médico e farmacêutico, o tridente do diabo!

Esta empresa Xavi-Sub é uma das empresas que esteve envolvida nas operações de limpeza do Rio Tejo em 2018 na Operação Terrorista Tejo 2018 que teve como principal objectivo retirar o ouro e a prata do fundo do rio e extrair metais de terras raras que são um mercado de nicho que valem biliões de dólares no mercado tecnológico, farmacêutico e biomédico! Esta empresa Xavi-Sub foi uma das empresas envolvidas nessas operações que custou 1.2 milhões de euros aos contribuintes Portugueses! É uma empresa com historial militar e com ligação à Marinha que detém um monopólio em Portugal neste tipo de operações e que também esteve envolvida na demolição da ponte de Entre-os-Rios porque é perita em detonações subaquáticas e demolição de pontes!

Xavi-Sub, mergulhadores profissionais especialistas em demolição de pontes e demolições subaquáticas!

A ponte de Entre-os-Rios foi detonada com uma demolição controlada e por isso é que as pessoas ouviram um enorme estrondo e a terra a tremer porque foram usadas armas militares de demolição controlada tal como fizeram no 11 de Setembro para mandar abaixo as torres gémeas e o World Trade Center! A Xavi-Sub é uma empresa com historial militar ligada à Marinha e que foi uma das empresas que esteve envolvida na demolição da ponte de Entre-os-Rios porque é especialista em demolições subaquáticas com ou sem explosivos e detonação de pontes (pilares, tabuleiros).

A versão oficial da queda da ponte é tudo mentira! Vou voltar a repetir, tudo o que a comunicação social, as autoridades civis e o Ministério Público disseram sobre a queda da ponte, é tudo mentira!!! Se o pilar tivesse desabado, a queda da ponte não teria feito nenhum estrondo nem a terra teria tremido! A ponte tinha apenas cerca de 50 metros de altura e o nível das águas do rio estava muito alto, se o pilar tivesse desabado a ponte não teria feito nenhum estrondo nem a terra teria tremido! Foi uma demolição controlada com armas militares de detonação subaquática, tal como a empresa Xavi-Sub, uma das empresas envolvidas nos trabalhos na Ponte de Entre-os-Rios é especialista em fazer!

Foram usadas operações de geo-engenharia para provocar as sucessivas e anormais cheias de 2000 e 2001 para encobrir a demolição controlada que detonou a ponte e matou aquelas pessoas todas muitas das quais crianças, 15 crianças! Foi um mega ritual satânico cometido e encoberto por luciferianos (Magistrados) que deu muito dinheiro a ganhar a muita gentalha criminosa, incluindo familiares das vítimas que aceitaram o dinheiro do Estado para se silenciarem e não prosseguirem as investigações! Isto é um escândalo que tem de ser exposto e denunciado a público perante todo o mundo para que a verdade venha ao de cima e a Justiça prevaleça!

Esta operação terrorista envolve o Estado, nomeadamente o Ministério Público e o Supremo Tribunal de Justiça que tentaram denegrir a boa reputação do Engenheiro José Mota Freitas e destruir a empresa projectista de engenharia civil Etecelda porque Mota Freitas tinha confirmado a possibilidade técnica do alargamento da ponte por pouco dinheiro, algo que não agradava ao Estado nem aos grupos de interesse do Estado que o que queriam era muito dinheiro e durante muitos anos, por isso é que uma catástrofe como a queda de uma ponte era algo que interessava bastante a esses grupos e ao Estado para desviar muito dinheiro público!

Como o alargamento da ponte era uma operação fácil e pouco dispendiosa que não interessava ao Estado nem às várias entidades e empresas dos grupos de interesse do Estado (lóbis), eles incriminaram um dos maiores nomes da engenharia nacional e de renome internacional, José Mota Freitas da Etecelda, porque ele tinha avaliado e confirmado ser possível o alargamento da ponte por pouco dinheiro no estudo que fez a pedido da Junta Autónoma de Estradas!

Quem faz bem e por pouco dinheiro é criminoso que não interessa ao Estado e aos grupos de interesse parasitas e genocidas que se alimentam dos dinheiros públicos à custa das desgraças e catástrofes que eles próprios provocam para enriquecerem com o crime altamente organizado que envolve o próprio Estado!

O Estado Português destruiu a empresa de um dos maiores nomes da engenharia nacional porque lhe devia muito dinheiro e em vez de lhe pagar destruiu a sua empresa incriminando-o no processo da queda da ponte de Entre-os-Rios que não foi queda nenhuma, foi uma demolição controlada! O Estado não só não pagou as dívidas à empresa Etecelda como ainda destruiu essa empresa, incriminou os seus principais sócios e projectistas e ainda foi buscar muito dinheiro aos fundos comunitários e públicos para a inspecção, requalificação e construção de novas pontes enriquecendo as entidades e as empresas que fazem parte dos grupos de interesse do Estado!

O Estado e as autarquias deviam milhares de euros à empresa Etecelda de Mota Freitas e por isso é que o Estado o incriminou no processo da queda da ponte, para não terem que pagar as dívidas e para destruir a empresa de um dos melhores engenheiros nacionais de renome internacional! Ver aqui!

O colectivo de Juízes presidido por Teresa Silva esteve bem em absolver todos os arguidos, mas isso não impediu a destruição pessoal, familiar e empresarial dos arguidos que foram injustamente acusados pelo Ministério Público para servirem de bodes expiatórios e encobrir o que realmente aconteceu, a demolição controlada da ponte! Agora falta levar os verdadeiros responsáveis por este atentado de terrorismo a Julgamento e condená-los para que a Justiça seja feita porque a Verdadeira Justiça não é nenhuma puta que se cala em troca de dinheiro, a Justiça é a Verdade e a Verdade não teme a investigação!!!

A verdadeira história da demolição controlada da ponte de Entre-os-Rios

Este juiz filho da puta luciferiano que incriminou injustamente os engenheiros e projectistas da empresa Etecelda do José Mota Freitas destruindo a vida pessoal, familiar e profissional de muitos bons profissionais e de pessoas socialmente exemplares, de certeza que é uma das bestas que raptou a filha de um dos familiares das vítimas da queda da ponte que ficou traumatizado com o que aconteceu e refugiou-se nos computadores e nos jogos de computador, algo que desagrada os juízes curadores que decretam raptos e protegem raptores de menores como este réptil monte de merda que é vice- presidente do Supremo Tribunal de Justiça e os seus amantes médicos psiquiatras psicanalistas e psicopatas que vão ao cu uns aos outros todos os dias enquanto traficam crianças em mega operações da polícia judiciária (este juiz foi director-adjunto da polícia judiciária no período de anos que coincide com o ano dos incêndios no Chiado cujas causas reais desses incêndios foram encobertas pela polícia judiciária). Sobre a verdadeira história dos incêndios no Chiado, ver o seguinte vídeo:

Este Juíz é um dos Traidores e grandes filhos da puta que incriminou injustamente e de forma totalmente criminosa um dos melhores Engenheiros Nacionais e de renome internacional (José Mota Freitas) para encobrir os seus amigos Luciferianos do Estado que cometeram os atentados de terrorismo detonando a ponte de Entre-os-Rios com demolição controlada!

Esta besta alienígena com cara de réptil gosta muito de curar menores! Nem quero imaginar as crianças menores que ele já deve ter curado e raptado! Agora chegou a vez dele, de ser curado com o calor do Sol e do Fogo Sagrado!

O último a rir é o que se ri melhor!!! Judges will be judged and condemned on the day of wrath as prophesied by Christ’s Apostles! Get ready for the Final Judgment you motherfuckers! Your time is over! Fuck you Archons (Magistrates)

Os juízes e os médicos psiquiatras que encobriram e beneficiaram desta tragédia da queda da ponte, raptaram a filha de um dos familiares das vítimas dessa tragédia, um pai que foi drogado pelos médicos para ter comportamentos violentos que é um dos efeitos secundários da medicação psiquiátrica para depois justificarem o rapto da sua filha pela protecção de menores com a autorização de um Juiz e o diagnóstico de um psiquiatra!

illuminatis em Portugal, Juízes e Médicos!

Como podem ver, toda a sociedade é completamente gerida por delinquentes e doentes psiquiátricos que se refugiam atrás de títulos e se mascaram de autoridade, são autênticos psicopatas e demónios! Servem todos o mesmo! Juízes, Médicos, Militares, Políticos, Magistrados, institutos, empresas, e até os próprios familiares que aceitaram ser subornados pelo Estado para se silenciarem, é tudo a mesma merda e servem todos o mesmo que brevemente vai ser completamente exterminado de uma vez por todas!!! Todas essas bestas têm de passar pela Fúria Divina de um Julgamento Final para que a verdadeira índole demoníaca desses criminosos disfarçados de batmans seja de conhecimento de todo o mundo porque quando as pessoas conseguirem ver a verdadeira face e intenções dessas bestas demoníacas mascaradas de autoridade, eles perdem todo e qualquer poder porque tudo o que eles fazem é com máscaras, imagens, ilusões, para esconder as suas reais intenções!

the enemy has only images and illusions behind which he hides his true motives. Destroy the image, and you will brake the enemy!

Continuar a ler:

A retirada dos sedimentos do Rio Tejo é um atentado terrorista cometido pelas autoridades portuguesas para retirar o ouro e a prata do fundo do rio e extrair metais de terras raras que são um mercado de nicho que valem pelo menos 5 biliões de dólares no mercado tecnológico, farmacêutico e biomédico!

3 thoughts on “A verdadeira história da tragédia da queda da ponte de Entre-os-Rios que foi detonada com uma demolição controlada com a cumplicidade do Estado Português, do Ministério Público e do Supremo Tribunal de Justiça!

    1. Pois não, eu só jogo com esta carta:

      Eu não sou teu filho e vocês é que estão a ser todos apanhados dia sim dia sim, e mesmo que tenham assassinado o Jeffrey Epstein que vai denunciar na Justiça e na comunicação social um dos maiores escândalos de sempre, todos os crimes que vocês cometem é para continuar a ser revelado diariamente até ao vosso total extermínio porque por cada cabeça que vocês cortarem, 11 novas cabeças nascerão!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.