As gaivotas e as pombas são pesticidas e fertilizantes naturais e as autoridades políticas e científicas querem matá-las para espalhar pandemias como a COVID-19! (texto)

Este vídeo vai-vos mostrar a importância que as gaivotas têm na prevenção de pandemias como a COVID-19 e porque razão andam a matar as gaivotas, as pombas, os gatos e os pássaros nas cidades e qual o porquê do plano político e científico para exterminar as gaivotas e as pombas nas cidades!

,

O que as gaivotas estão a fazer ao emanar este tipo de sons chama-se: “The Crystal Resonator“. Estes sons emanam ressonâncias que limpam e equilibram as energias dos seres-vivos e do meio-ambiente, por isso é que a natureza usa aves como as gaivotas e as pombas para manter o meio-ambiente limpo de radiações negativas e os corpos dos seres-vivos sintonizados a vibrar nas ressonâncias saudáveis entre o Céu e a Terra!

As gaivotas usam a linguagem dos pássaros que são ressonâncias vibracionais que nos activam o chakra coronal e o coração, são reparadores genéticos e conectam-nos com a natureza do Céu e da Terra com efeitos de liberdade e transcendência!

Reparem no vídeo de cima na gama completa de frequências que as gaivotas emanam que são frequências usadas no tratamento de muitas doenças, doenças respiratórias e oculares como a COVID-19, por isso é que eles proibiram as pessoas de ir à praia no início da pandemia e andam a matar as gaivotas nas cidades!

Porque eles não querem ninguém a ressonar nas frequências do Espírito, da Liberdade e da Transcendência com o chakra do coração ligado com o terceiro olho no meio da testa na glândula pineal e alinhado com o chakra coronal no topo da cabeça aberto e activado! Porque quando isso acontece activamos um Stellar Stargate Escalar (Galactic Chakra) que cura, liberta e transcende espiritualmente tudo e todos à nossa volta por reacção em cadeia e eles perdem o poder mental sobre a alma das pessoas!

Agora vamos ouvir o som das pombas que emanam as frequências 432Hz (ressonância do chakra do coração), 528Hz (reparação genética), 639Hz (Divine Reception – Connecting Relationships Solfeggio Frequency), 741Hz (Awakening Intuition Solfeggio Frequency), e várias outras frequências cure-all Rife Frequencies usadas no tratamento de doenças respiratórias e oculares como a COVID-19:

,

Esta é a linguagem dos pássaros e é a verdadeira Medicina da natureza que usa os animais para gerar ressonâncias vibracionais que curam tudo e todos ligando o Céu à Terra com frequências! Porque tudo o que existe é o resultado de energia, frequência e vibração e alterando-se a frequência altera-se a vibração e a energia!

Eles querem-nos dentro de uma rede artificial de frequências tóxicas (Smart Cities) para nos conseguirem controlar mentalmente e geneticamente com as armas biológicas usando a Smart Grid, por isso é que estão a matar as gaivotas, as pombas, os pássaros e a esterilizar os animais nas cidades para impedir que as frequências da natureza interfiram e neutralizem as armas biológicas electromagnéticas e nucleares que estão a ser usadas nas cidades que eles querem transformar em Smart Cities.

Eles querem as cidades com tudo e todos monitorizado electronicamente e controlado com a Smart Grid que não funciona com as ressonâncias da natureza e com as frequências emitidas pelas aves como gaivotas e pombas!

Eles já andam a demonizar as gaivotas, as pombas e os gatos e cães em liberdade “errantes” há muito tempo, os gatos também emanam ressonâncias curativas e são controladores de pragas, por isso é que andaram a promover o seu extermínio e esterilização em massa.

Uma das estratégias que eles usam é manipulação emocional, por isso é que o Vaticano mostrou um corvo e uma gaivota a atacar uma pomba branca (símbolo da paz), porque eles querem que as pessoas associem as gaivotas ao demónio para que aceitem o extermínio (controlo) das gaivotas nas cidades porque as gaivotas são controladoras de pragas nas cidades, elas comem roedores, insectos, artrópodes, cobras e tubarões!

As gaivotas são pesticidas e fertilizantes naturais e protegem os espaços, a natureza e as pessoas de ataques biológicos como a COVID-19 como vão ver mais à frente! Eles querem as cidades mortas! Sem natureza, sem vida! Sem as ressonâncias do Espírito a vibrar nas cidades para conseguirem controlar, monitorizar e atacar as pessoas com as frequências das armas electromagnéticas Smart Grid!

Eles andam a matar e a esterilizar gradualmente e de forma seleccionada (para não dar muito nas vistas) toda a vida nas cidades, pombas, gaivotas, pássaros, árvores, gatos, cães e humanos com pandemias e pragas que esses animais e aves neutralizam impedindo a proliferação de pragas nas cidades.

Eles querem que as pessoas tenham medo da natureza e dos animais como fontes de contágio com toda esta paranóia das pandemias fabricadas COVID-19 para que as pessoas aceitem a substituição da inteligência natural pela inteligência artificial do homem besta.

O problema não são as gaivotas nas cidades, o problema são as cidades, o problema é a ganância do homem que retirou a maior parte do peixe às gaivotas o que as obrigou a procurar comida noutros locais, nas cidades!

As gaivotas não colonizam cidades costeiras porque as gaivotas já existiam antes das cidades, as cidades é que colonizam o território das aves! As gaivotas não vivem na selva para serem animais selvagens, as gaivotas vivem no ar e em terra, vivem em qualquer lado onde haja comida e liberdade!

Porque foi a partir de meados do século 20 que começaram a aparecer cidades de betão cheias de radiação tóxica que as aves como as gaivotas neutralizam e protegem os espaços e a natureza para manter as condições favoráveis e saudáveis à existência de vida!

Este especialista do CIIMAR da Universidade do Porto é um mentiroso, reparem bem nas micro-expressões, nas sobrancelhas, no olhar, nos gestos e na entoação da voz que ele dá nas palavras chave para nos manipular mentalmente a aceitar o extermínio (controlo) das gaivotas nas cidades que são aves essenciais nas cidades porque protegem-nos contra ataques biológicos!

CIIMAR Universidade do Porto

Os excrementos não são altamente corrosivos, isso é mentira, se fossem altamente corrosivos derretiam e desintegravam tudo onde caíssem, só um ignorante é que se acredita neste tipo de reportagens mentirosas e criminosas, os excrementos das gaivotas são pesticidas e fertilizantes naturais e protegem a natureza e os espaços contra ataques biológicos como a COVID-19, impedindo a proliferação de pragas e o aparecimento de pandemias!

Eles mentem! As fezes das gaivotas é o que dá vida aos edifícios históricos porque a maior preciosidade da Terra são as fezes e a urina dos animais! Os excrementos das gaivotas (reparem que eles não usaram o nome fezes para manipulação psicológica e emocional) são pesticidas e fertilizantes naturais!

Eles querem esterilizar as cidades todas, espalhar pandemias e matar os templos históricos (tal como já expus no blog, ver aqui) e por isso é que eles não querem as gaivotas nas cidades porque as gaivotas protegem as cidades e toda a natureza e dão vida à terra e aos templos históricos com as fezes que têm colónias de bactérias e micróbios essenciais à existência de vida!

As gaivotas andam à procura de comida! Resíduos orgânicos é comida! Ele usou o termo resíduos orgânicos porque eles querem acabar com os resíduos orgânicos em nome de uma falsa protecção ambiental e uma falsa saúde pública porque se as pessoas não partilharem a comida (resíduos orgânicos) com outros animais, as doenças e pandemias aparecem porque os ciclos naturais param, a energia pára e deixa de fluir livremente, a vida fica esterilizada e todos os humanos e animais ficam presos e dependentes dos laboratórios científicos para sobreviver que é o que esses desgraçados querem-nos fazer!

Reparem no vídeo como o “especialista” vai mentir, o toque na cara, a gesticulação e as micro-expressões!

,

Eles mentem no que disseram, é o contrário, segundo essa besta com cara de metralha (mentiroso) a merda das pessoas é que é o normal mas a das gaivotas não, ele está a subverter os factos para justificar o extermínio das gaivotas nas cidades porque as gaivotas protegem as pessoas e todos os espaços e a natureza contra armas biológicas e impedem pandemias como a COVID-19.

As gaivotas já existem muito antes de existirem humanos e as suas cidades, por isso o que ele diz é completamente falso, é mentira, os humanos é que estão a contaminar o sistema animal e ambiental e não as gaivotas!

As pessoas têm de passar por infecções! A infecção é parte da cura, da purga, do tratamento pelo que todos os animais passam! Sem infecção não há purga, não há tratamento e não há cura nem saúde nenhuma, por isso é que aves como as gaivotas são transmissoras de bactérias como a Cyanobacteria que está a ser usada em biotecnologia como o principal medicamento contra a COVID-19! Eles não querem gaivotas nas cidades porque as gaivotas são uma medicina natural e uma arma que a natureza usa contra as pandemias que eles andam a lançar no mundo!

Essa puta Fátima Silva com cara de lula gigante da Divisão de Gestão Ambiental da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia é uma mentirosa! A legionella não é transmitida entre animais e pessoas e nem sequer entre pessoas! Ela está a mentir! É precisamente o contrário, as gaivotas e as fezes das gaivotas como são pesticidas eliminam as bactérias legionella impedindo a sua propagação!

Mentira! A legionella não é transmitida entre animais e pessoas e nem sequer entre pessoas! Ela está a mentir! É precisamente o contrário, as gaivotas e as fezes das gaivotas como são pesticidas eliminam as bactérias legionella impedindo a sua propagação!

As gaivotas são purgadoras da natureza e deslocam-se para os sítios onde são precisas e onde há alimento e condições de sobrevivência para proteger a vida animal incluindo os humanos que as gaivotas consideram parte integrante da natureza!

Ou seja, segundo esses especialistas as gaivotas não se podem alimentar e limpar a merda que o povo faz e têm de ser exterminadas para o povinho de merda poder viver perto da merda que eles próprios fazem adoecendo e espalhando doenças!

Reparem bem ao minuto 36:36 do vídeo (ver aqui), o povinho de merda muito higienizado por fora e sujo de espírito não é capaz de dizer as coisas como elas são, essa esfregona diz: “aquelas coisas que elas botam”, povinho de merda! Em casa e quando se juntam umas com as outras essas santas e putas beatas só dizem merda, mas em frente à televisão não são capazes de dizer merda ou cócó!

As gaivotas não podem comer nas lixeiras mas essas santas e putas beatas podem usar a língua para fazer lixo porque só dizem merda!

Eles mentem! A gordura não está contaminada, a gordura é um mecanismo de protecção da natureza que está cheia de nutrientes e energia e existe precisamente para impedir a contaminação! O que eles querem fazer é acabar com a livre disponibilidade de alimento (resíduos orgânicos) para controlar todas as pessoas e animais com a comida de laboratório com as calorias racionadas e limitadas, comida molecular.

Não existem aves errantes! Essa lei é criminosa, é ilegítima e ilícita em si mesma e não deve ser respeitada porque é uma lei criminosa que considera as aves em liberdade como errantes! Não existem animais errantes! Isso foi um termo inventado pelo homem errante para aprisionar e controlar todos os animais porque o homem é o único animal em erro na natureza! Os criminosos responsáveis por este tipo de leis devem ser identificados e decapitados por exposição a público das leis criminosas que aprovam!

A limpeza urbana é uma prática criminosa que tem como objectivo contaminar os solos, esterilizar todos os espaços urbanos e matar todas as espécies de vida para que não nasça vida nenhuma naturalmente que é o que potencia as pandemias e nos torna dependentes da indústria química, médica e farmacêutica para sobreviver que é o que essas bestas querem!

O cócó das gaivotas suja os carros dos meninos dos papás do Porto! (ver aqui). Foda-se, isso não se faz ao menino desportista do papá, lavar o carro? Tudo menos isso pá, que fatela meu! Matem as gaivotas, eu não lavo carros! Eu lavo piças com water sports porque eu sou um desportista não sou um lavador de carros!

Eles querem exterminar as gaivotas repetindo o genocídio que cometeram na ilha das Berlengas em 1994, 95 e 96 com envenenamento e muito sofrimento infligido em milhares de gaivotas!

Foi um genocídio ambiental que eles querem voltar a repetir e por isso é que financiaram esta reportagem na RTP para manipulação da opinião pública para que as pessoas aceitem este genocídio que eles querem fazer às gaivotas com consequências catastróficas em todos os ecossistemas e nos próprios humanos que se vão foder todos caso isso aconteça porque a lei da acção-reacção da natureza é perfeita, não falha, se a comunidade científica e as autoridades cometerem este genocídio vão haver catástrofes e pandemias nas cidades, que é o que eles querem! Isto tem de ser impedido!

Eu reduzia drasticamente era a população destes cabrões com cara de cabrão e ideologias criminosas que querem matar as gaivotas à fome para que os seus barcos iates onde fodem as suas putas e reproduzem mais cabrões degenerados se mantenham limpinhos sem merda de gaivota!

Referências:

As obras de conservação e restauro que estão a ser feitas com o financiamento do Portugal 2020 são operações terroristas e subversivas para matar os Templos Religiosos e os Castelos e nos impedir de aceder à Dark Energy que é o que nos liberta da prisão da rede electromagnética!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.