As mutações dos vírus não existem porque os vírus não têm células para sofrer mutações! A indústria médica e farmacêutica, os governos e as autoridades de saúde vão querer vacinar as pessoas à força todos os anos para uma mutação do vírus COVID-19 que não existe!

As autoridades de saúde e científicas vão querer vacinar anualmente todas as populações mundiais com várias vacinas anuais em nome de falsas mutações do vírus COVID-19 quando na realidade nenhum vírus sofre mutações porque os vírus não têm vida nem corpos biológicos para sofrer mutações! As mutações de vírus não existem, é uma fraude, é mentira! Não é possível um vírus alterar o seu próprio corpo e RNA (sofrer mutações) fora do seu hospedeiro, e uma vez dentro do hospedeiro (organismo com vida) mesmo que esse vírus sofra algum tipo de alteração fisionómica e genética (mutação) as vacinas para essa mutação só funcionariam para esse corpo e para essa mutação específica nesse corpo e não para todos os corpos porque o código genético é diferente em todos os corpos e as consequentes mutações dos vírus dentro dos corpos também!

Se os vírus sofrem mutações então todas as vacinas dos programas nacionais de vacinação são uma fraude porque são sempre as mesmas vacinas todos os anos, são usadas as mesmas vacinas todos os anos para os mesmos vírus e estirpes, não existem vacinas diferentes todos os anos para as mesmas doenças virais, logo ou toda a vacinação e Epidemiologia é uma fraude (que é por várias razões) ou as mutações dos vírus não existem fora dos corpos com vida, fora dos hospedeiros, porque os vírus não têm vida para sofrer mutações (facto!)

As mutações a existir são específicas para cada corpo porque o terreno de cada corpo e o código genético é sempre diferente uns dos outros! Não existe por isso mutações generalizadas aplicadas a todos os corpos nem as vacinas podem ser fabricadas e usadas de forma generalizada para todos os corpos porque se o vírus sofre mutações esse vírus nunca vai ser o mesmo, logo as vacinas tinham de ser todas diferentes todos os anos, diferentes para todos os corpos e diferentes para cada mutação e as mutações acontecem constantemente dentro de um corpo, logo as vacinas na presença de mutações não fazem sentido nenhum existir porque nunca vão ser eficazes porque os vírus vão estar sempre a mutar-se dentro dos corpos pois é essa a natureza de um corpo com vida, transmutar-se com mutações, actualiza-se e altera-se constantemente usando mutações! Perante estas evidências a vacinação nunca foi eficaz e nunca será! A vacinação e a epidemiologia é uma fraude!

A vacinação é um negócio fraudulento e um crime à escala mundial! A medicina e a ciência estão-nos a mentir e a enganar e a subestimar a nossa inteligência! Só esta simples explicação baseada na evidência científica e na inteligência lógica e factual (saudável e não deliquente) é suficiente para desmascarar a gigantesca e criminosa fraude que é toda a vacinação COVID-19 ou qualquer outro plano de vacinação generalizada para mutações de vírus que não existem e mesmo que existam as vacinas nunca serão eficazes devido à própria natureza das mutações, tal como expliquei!

E mesmo que os vírus sofressem mutações todos os anos nenhuma vacina seria eficaz para esse vírus porque a ciência teria que estudar, analisar, desenvolver e testar novas vacinas todos os anos que nunca iriam ser eficazes nem seguras porque todos esses processos são muito demorados e requerem muitas fases de testes, e quando uma vacina para uma mutação desse vírus estivesse desenvolvida e devidamente testada a sua eficácia e segurança, já o vírus teria sofrido mutações e essa vacina deixaria de ter efeito! Este mundo é um circo, os cientistas são a atracção principal, os políticos são os macacos de imitação e as autoridades de saúde são uns palhaços assassinos!

É o complexo industrial militar, médico e farmacêutico que está por detrás disto tudo! Eles estão a inventar a desculpa das mutações do vírus para justificar a vacinação anual para as pandemias que eles próprios estão a causar com as vacinas, as vacinas COVID-19 é para provocar novas pandemias que depois eles atribuem essas doenças às novas mutações do vírus e justificam assim a vacinação compulsiva todos os anos.

Os rastreios não podem ser usados para diagnosticar as pessoas de focos de transmissão de infecções porque correlação (duas ou mais pessoas infectadas próximas umas das outras) não implica causalidade (as pessoas transmitirem a infecção uns aos outros) porque não existem cadeias de transmissão de nenhum vírus e nem as infecções nem os vírus são transmissíveis de um corpo para outro. A única forma que as autoridades têm para provar falsamente que existem cadeias de transmissão é com a falácia lógica denominada “cum hoc ergo propter hoc”, do latim “com isto, logo por causa disto” (se estão infectados é porque estavam juntos e se estão juntos é porque estão infectados), isto é inversão do ónus da prova para incriminar e diagnosticar toda a gente de doente ou potencialmente doente e para justificar o rastreio de contactos, os testes, as quarentenas e a separação dos filhos dos seus pais, dos seus seios familiares e retirar as crianças à força (rapto) de junto dos seus pais e amigos raptando as crianças das suas casas por força médica usando mentiras, falácias e argumentos completamente infundados sem base científica nenhuma!

Por isso é que eles estão fazendo uso indiscriminado e generalizado de rastreios e testes COVID19 que também já está mais do que provado que os testes ao COVID-19 são inexactos e fraudulentos e o vírus COVID-19 nem sequer foi isolado, não há consenso científico nenhum sobre o vírus porque o isolamento do vírus é mantido em segredo logo não há certezas absolutas nem factuais sobre a existência do vírus COVID-19, as autoridades não podem por isso andar por aí a fazer testes a toda a gente para um vírus que não se sabe o que é e nem sequer se sabe se existe!

Já ficou provado cientificamente e admitido pela própria OMS que o vírus COVID-19 é transmitido pelo ar, este facto invalida a narrativa oficial e os rastreios de contacto e está a ser ignorado pelas autoridades para não terem que assumir que as infecções não são transmitidas entre corpos mas sim pelo ar, pelo que cada uma das pessoas e animais inalam pelas vias respiratórias ao respirarem agentes patógenos causadores de infecções localizadas em cada corpo e que não são transmissíveis porque infecções não se transmitem porque se assim fosse todo o mundo estaria doente e os profissionais de saúde estariam todos infectados! Isto invalida e criminaliza tudo o que está a ser feito com a pandemia COVID-19 que são acções criminosas e todos os envolvidos e cúmplices têm de ser julgados e condenados!

One thought on “As mutações dos vírus não existem porque os vírus não têm células para sofrer mutações! A indústria médica e farmacêutica, os governos e as autoridades de saúde vão querer vacinar as pessoas à força todos os anos para uma mutação do vírus COVID-19 que não existe!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.