O caso do Juiz Neto de Moura é um estratagema mediático de violência doméstica que o Triunfo da Vara de Porcos Judiciais estão a usar através da comunicação social para manipular e programar neuro-linguisticamente a mente das pessoas com a expressão “Neto de Moura” para que o subconsciente colectivo associe de forma negativa os netos a mouros e os mouros a netos!

A Ministra da Justiça Van Dunem quer acabar com a privacidade e a protecção jurídica com uma Santa inquisição+, a justiça+, a santa inquisição 2.0 para que os populares e a comunicação social possam escrutinar, bisbilhotar e intrometer-se na vida de toda a gente em praça pública!

A Ministra da Justiça Van Dunem que usurpou o nome ao Van Damme usando-o de forma ilícita e ilegítima contra as populações para fins comerciais e de destruição social que contraria as intenções do Van Damme denegrindo o seu bom nome e reputação, quer-nos convencer que um processo judicial que é indiscutivelmente, cientificamente e empiricamente um diário pessoal das partes intervenientes de um processo, mas para a Ministra da Justiça um processo judicial não é um diário pessoal das partes intervenientes do processo porque ela quer-nos convencer que um processo judicial é um documento da república, ou seja, é de representação pública, é de todos!

A Ministra da Justiça é muito esperta mas os ETs são mais espertos do que ela! Van Dunem (nome usurpado de Van Damme) quer implementar a Cloud Computing na Justiça e para isso necessita de manipular a opinião pública para que as pessoas aceitem ceder a sua liberdade e segurança no tratamento dos seus dados pessoais e no respeito para com a sua vida íntima e privada, em nome de uma falsa segurança e uma falsa modernização da Justiça porque o que eles procuram não é modernização mas unicamente controlo totalitário, é monitorização e subordinação!

Continue reading “O caso do Juiz Neto de Moura é um estratagema mediático de violência doméstica que o Triunfo da Vara de Porcos Judiciais estão a usar através da comunicação social para manipular e programar neuro-linguisticamente a mente das pessoas com a expressão “Neto de Moura” para que o subconsciente colectivo associe de forma negativa os netos a mouros e os mouros a netos!”