A queda da ponte Hintze Ribeiro de Entre-os-Rios a 4 de Março de 2001 e a queda da ponte Morandi em Génova foi um ritual satânico cometido pelas autoridades políticas, militares, académicas e religiosas, com armas escalares de energia dirigida, Nano-tech Disassembler Weapons (NDWs)

Ler a 1ª parte desta investigação aqui!

Eles queriam construir uma nova ponte e sem a destruição da velha ponte eles não conseguiam desviar fundos comunitários europeus, nacionais e muito dinheiro para as operações de resgate, médicas, e de reconstrução para as construtoras civis e todos os grupos envolvidos que receberam muito dinheiro após a queda da ponte!

Isto envolve lóbis e máfias em todas as áreas, engenharia civil, arquitectura, construção civil, política, protecção civil, bombeiros e militares para operações de resgate, médicos psicólogos e psiquiatras que foram destacados para dar apoio às famílias dos familiares que foram assassinados na ponte e que fizeram desaparecer de propósito os corpos das vítimas para não ser possível a realização de autópsias que iria identificar a causa da morte e desmentir a versão oficial do afogamento porque os corpos não morreram afogados mas sim queimados por dentro, tiveram morte imediata porque os principais órgãos (cérebro e coração) foram atingidos pela onda escalar que os matou de imediato quando ainda estavam dentro das viaturas e foram atingidos pela arma escalar de energia dirigida, Nano-tech Disassembler Weapons (NDWs) que foi usada para assassinar aquelas pessoas todas, destruir os veículos ainda em andamento e provocar a queda da ponte!

Continue reading “A queda da ponte Hintze Ribeiro de Entre-os-Rios a 4 de Março de 2001 e a queda da ponte Morandi em Génova foi um ritual satânico cometido pelas autoridades políticas, militares, académicas e religiosas, com armas escalares de energia dirigida, Nano-tech Disassembler Weapons (NDWs)”

Se o degelo dos pólos e a Gronelândia derretesse totalmente num dia, o nível da água do mar diminuía porque o que faz aumentar o nível da água do mar é a densidade da água e o gelo pela acção da força gravitacional!

Os genocidas estão a preparar mais um tsunami (provavelmente no Japão, por isso as autoridades Japonesas deram hoje um alerta de Tsunami após um terramoto) e querem atribuir as culpas às alterações climáticas e ao degelo na Gronelândia que se acontecesse iria diminuir o nível das águas do mar e não aumentar! Eles querem culpar as pessoas pelos crimes que eles próprios cometem com armas electromagnéticas de energia dirigida, com a geoengenharia, com radares, satélites, bombas nucleares no fundo dos oceanos para provocar terramotos e tsunamis, armas biológicas pulverizadas com aerossóis e bases militares nos pólos para controlar as entradas e os fluxos energéticos na Terra. Essa gente é completamente doente e totalmente perversa que não vão descansar enquanto não nos exterminarem a todos para a concretização do admirável mundo novo dessas bestas, a agenda 2030 da sustentabilidade que na prática significa o extermínio da maior parte da natureza, animais e pessoas em nome das alterações climáticas, da saúde e da segurança!

Continue reading “Se o degelo dos pólos e a Gronelândia derretesse totalmente num dia, o nível da água do mar diminuía porque o que faz aumentar o nível da água do mar é a densidade da água e o gelo pela acção da força gravitacional!”

A maior fraude do século é a teoria da destruição da camada de ozono por acção dos CFCs (CFC-ozone depletion theory) e um dos maiores charlatões é Mario Molina que inventou essa teoria criminosa e fraudulenta para proibir os CFCs (Chlorofluorocarbon) em todo o mundo com o principal objectivo de retirar o cloro e o carbono da atmosfera provocando o aquecimento global, as alterações climáticas e a consequente proliferação de agentes patogénicos, epidemias e catástrofes naturais!

A maior fraude do século é a teoria da destruição da camada de ozono por acção dos CFCs (CFC-ozone depletion theory) e um dos maiores charlatões é o judeu zionista Mario Molina que inventou essa teoria criminosa e fraudulenta para proibir os CFCs (Chlorofluorocarbon) em todo o mundo com o objectivo de potenciar o aquecimento global e as alterações climáticas pela retirada do cloro e do carbono da atmosfera que provoca um bloqueio e diminuição da transferência de energia eléctrica e térmica no planeta Terra causando catástrofes naturais que são mecanismos de defesa do sistema imunitário da Terra, e desencadeando a proliferação de agentes patogénicos que provocam epidemias e doenças pela retirada do Cloro da atmosfera que juntamente com o Ozono formam compostos químicos como o cloreto de Ozono (O3Cl) que são potentes agentes desinfectantes, purificadores e transmissores de energia eléctrica e térmica que não permite a proliferação de bactérias e de micro-organismos causadores de doenças na Terra e que também interferem com as armas de ionização e de energia dirigida que estão a ser usadas na atmosfera com a geo-engenharia para potenciar ainda mais as catástrofes naturais e a proliferação de doenças!

Continue reading “A maior fraude do século é a teoria da destruição da camada de ozono por acção dos CFCs (CFC-ozone depletion theory) e um dos maiores charlatões é Mario Molina que inventou essa teoria criminosa e fraudulenta para proibir os CFCs (Chlorofluorocarbon) em todo o mundo com o principal objectivo de retirar o cloro e o carbono da atmosfera provocando o aquecimento global, as alterações climáticas e a consequente proliferação de agentes patogénicos, epidemias e catástrofes naturais!”

A limpeza florestal feita pelo homem é um crime ambiental que destrói o ecossistema, o habitat e o alimento dos animais e que potencia as cheias e os incêndios florestais!

A limpeza florestal é um crime ambiental que não protege incêndios nenhuns, pelo contrário, potencia ainda mais os incêndios porque como o fogo não encontra resistência, propaga-se ainda mais pelo oxigénio porque é o oxigénio o material inflamável que serve de condutor do fogo nos incêndios, não é a natureza, como vão perceber de uma vez por todas para que não restem dúvidas que quem defende a limpeza florestal e o ordenamento florestal para prevenir incêndios é um charlatão, é um mentiroso, um ignorante e um criminoso!

Continue reading “A limpeza florestal feita pelo homem é um crime ambiental que destrói o ecossistema, o habitat e o alimento dos animais e que potencia as cheias e os incêndios florestais!”