O caso do bebé Salvador que nasceu da mulher Catarina Sequeira diagnosticada com morte cerebral após um ataque de asma é uma operação PsyOP das autoridades de saúde satânicas que querem implementar os úteros artificiais para reproduções medicamente assistidas e para roubar e traficar órgãos vivos de pessoas diagnosticadas com morte cerebral provocada com anafilaxia e asma que são reações alérgicas graves causadas pela vacinação!

A morte cerebral foi inventada pelas autoridades de saúde para roubo e tráfico de órgãos! A morte cerebral não é morte nenhuma porque a morte cerebral não mata um corpo! Para um corpo morrer o cérebro e o coração têm que parar porque quer o cérebro (sistema nervoso central) quer o coração (sistema circulatório) são ambos essenciais à vitalidade de um corpo e não apenas o cérebro! Para um corpo poder ser diagnosticado e declarado como morto, todos os sistemas corporais têm de deixar de funcionar e não apenas o cérebro! As autoridades médicas sabem disto mas estão-nos a ocultar este conhecimento para nos manipular mentalmente e nos fazer crer que o cérebro é o único órgão responsável pela vida de um corpo quando não é.

Existem casos de pessoas com morte cerebral que voltam a reanimar porque o coração e todos os outros sistemas corporais continuam a funcionar! A morte cerebral usada para diagnosticar e decretar alguém como morto é um homicídio doloso ou assassínio que está a ser usado pelas autoridades de saúde para roubar e traficar órgãos vivos de pessoas diagnosticadas como morte cerebral. É literalmente um ritual satânico cometido pelas autoridades de saúde com a total cumplicidade das autoridades judiciais e do Estado que nada fazem para impedir isto!

Continue reading “O caso do bebé Salvador que nasceu da mulher Catarina Sequeira diagnosticada com morte cerebral após um ataque de asma é uma operação PsyOP das autoridades de saúde satânicas que querem implementar os úteros artificiais para reproduções medicamente assistidas e para roubar e traficar órgãos vivos de pessoas diagnosticadas com morte cerebral provocada com anafilaxia e asma que são reações alérgicas graves causadas pela vacinação!”