O Estado de Emergência em nome do COVID-19 é inconstitucional porque não existe calamidade pública nenhuma e ninguém pode ser obrigado a ser vacinado, internado ou medicado compulsivamente!

O Estado de Emergência decretado em nome do COVID-19 pelo Presidente da República e Governo de Portugal é completamente ilegal, é um crime cometido pelos chefes do Estado Português e é inconstitucional porque não estamos perante uma calamidade pública porque já morreram mais pessoas com a gripe sazonal e de muitas outras doenças do que com o COVID-19, os números das mortes associadas ao COVID-19 são falsos porque qualquer morte está a ser associada forçosamente e falsamente ao vírus COVID-19 que não existe! É especulação financeira do sector da saúde e da defesa (complexo industrial militar, médico e farmacêutico) para implementarem a Nova Ordem Mundial.

Continue reading “O Estado de Emergência em nome do COVID-19 é inconstitucional porque não existe calamidade pública nenhuma e ninguém pode ser obrigado a ser vacinado, internado ou medicado compulsivamente!”