Os carteiristas estão a ser protegidos pelas autoridades policiais e usados na comunicação social para provocar uma reacção popular de insegurança para implementarem os mapas de crime (crime maps) geridos pela inteligência artificial e pelas forças policiais!

Reparem bem no estado a que Portugal chegou! Eles querem mais presos porque as prisões que estão cheias em Portugal com pobres e inocentes para servirem de cobaias à indústria judicial-militar-médico-farmacêutica ainda não são suficientes para agradar esses psicopatas satânicos que devem estar neste momento a rezar para que o Dies Irae não aconteça, porque se acontecer, eles não serão presos no dia do Juízo Final, eles serão completamente exterminados! E assim seja!!!

Continue reading “Os carteiristas estão a ser protegidos pelas autoridades policiais e usados na comunicação social para provocar uma reacção popular de insegurança para implementarem os mapas de crime (crime maps) geridos pela inteligência artificial e pelas forças policiais!”

As prisões foram inventadas para usar os presos como cobaias da indústria judicial-militar-médico-farmacêutica!

Hoje vou-vos revelar porque razão uma grande parte dos assassinos em série ou eram médicos ou estavam de alguma forma ligados à medicina convencional! Jack the Ripper, Thomas Cream, Morris Bolber, Shiro Ishii, Josef Mengele, Harold Shipman, Richard Angelo, Arnfinn Nesset, estes são apenas alguns serial killers todos eles ligados à medicina! Este assunto é muito importante! Sabem porque razão Portugal não quer seguir o modelo Holandês e reduzir cada vez mais as prisões? Porque quem manda em Portugal é o complexo militar-judicial-químico-médico-farmacêutico que necessitam de muitos presos e doentes para servirem de cobaias! Por isso é que as prisões em Portugal estão cheias de pobres e de pequenos delitos enquanto que os grandes criminosos e corruptos estão cá fora! Essas bestas necessitam de cobaias para testarem fármacos e tratamentos!

Continue reading “As prisões foram inventadas para usar os presos como cobaias da indústria judicial-militar-médico-farmacêutica!”