O caso da bebé Matilde diagnosticada com atrofia muscular espinhal é uma encenação mediática patrocinada pelas gigantes farmacêuticas e autoridades de saúde portuguesas para manipular emocionalmente o público e pressionar o Estado Português e a Agência Europeia de Medicamentos a aprovar o medicamento mais caro do mundo no valor de triliões de dólares para destruir a Europa financeiramente!

Tal como aqui já vos mostrei detalhadamente, o medicamento mais caro do mundo é um cavalo de Tróia para destruir os países desenvolvidos principalmente os países europeus e é uma das maiores fraudes do mundo porque custa milhões de euros e não cura doença nenhuma, pelo contrário, mata os doentes, torna-os dependentes de várias doses do medicamento e provoca muitas outras doenças e distúrbios! (ver aqui).

Este caso da bebé Matilde é totalmente encenado para manipular emocionalmente as pessoas com a televisão e a comunicação social e pressionar a Agência Europeia dos Medicamentos a aprovar este medicamento que caso venha a ser aprovado será uma sentença de morte a toda a Europa porque os países europeus vão-se endividar e ficar reféns das grandes farmacêuticas para enriquecer os médicos, cientistas e todos os envolvidos nesta gigantesca fraude engendrada pelos mesmos parasitas de sempre, o complexo industrial médico e farmacêutico, o maior grupo de mafiosos, criminosos e assassinos que existe!

No seguinte vídeo podem ver no programa sensacionalista da TVI, Você na TV, os supostos pais da bebé Matilde a mentir e a encenar na televisão! O Pai está sempre a desviar o olhar e olha sempre para baixo, nunca fixa muito tempo o olhar para quem o está a entrevistar, não olha para o entrevistador, toca várias vezes na cara, gagueja, não responde directamente ás questões e começa a divagar e a embelezar a mentira (storytelling) que na prática significa atirar areia para os olhos, mentir! A mãe começa a chorar lágrimas de crocodilo (claramente encenação emocional), a entrevistadora também faz que está emocionada com a expressão e os gestos, tudo isto é uma encenação mediática que está a ser financiada e patrocinada por todos os indivíduos (maior parte médicos que se prostituem às grandes farmacêuticas), autoridades de saúde e as gigantes farmacêuticas que estão envolvidas na venda do medicamento mais caro do mundo que é uma das maiores fraudes do mundo e é um acto de sabotagem e de terrorismo, é um ardil de guerra para destruir os países prósperos e desenvolvidos principalmente países europeus!

Encenação Mediática patrocinada pelas grandes farmacêuticos e pelos médicos lacaios que se prostituem a essas farmacêuticas!

Caso este medicamento venha a ser aprovado pela Agência Europeia de Medicamentos, os países europeus vão-se endividar com as grandes farmacêuticas em triliões de dólares na aquisição de um medicamento que não cura doença nenhuma mas que provoca muitas outras doenças e que mantém os doentes dependentes de várias doses desse medicamento com custos no valor de triliões de dólares! É um acto de guerra e de sabotagem e de terrorismo económico para destruir os países europeus em nome de uma falsa saúde porque este medicamento além de ser o mais caro do mundo, não cura doença nenhuma e vai provocar muitas outras doenças! Ou seja, estas bestas querem que a Agência Europeia dos Medicamentos aprove um medicamento no valor de triliões de dólares para adoecer a população da Europa!

Um desses médicos prostitutos, mafiosos e criminosos que anda a promover esta gigantesca fraude médica e farmacológica na comunicação social é o médico e político Fernando Leal da Costa, um cabeça de piça alienígena que mente, engana, rouba, assassina (é um dos acérrimos defensores das vacinas) e é até capaz de chegar ao ponto sádico e doentio de usar uma bebé (Matilde) para ser usada como um rapto na comunicação social para pedir um resgate como os raptores fazem às autoridades e ao governo, mas neste caso não é só aos governos que eles querem pedir um resgate, é aos governos e à Agência Europeia dos Medicamentos para que a Europa financie e enriqueça todos esses médicos e políticos parasitas através do financiamento fraudulento e criminoso do medicamento mais caro do mundo que caso venha a ser aprovado é a morte da Europa porque é um acto de sabotagem e de terrorismo económico e social a toda a Europa por parte dos médicos, autoridades de saúde e das grandes farmacêuticas que estão a usar este caso mediático da criança Matilde fabricado na comunicação social para pressionar a Agência Europeia dos Medicamentos a aprovar um medicamentos que vai custar à Europa triliões de euros caso venha a ser aprovado porque a doença atrofia muscular espinhal não é uma doença rara, existe em pelo menos uma em cada 50 pessoas e estima-se que vai aumentar significativamente até 2022, um crescimento da doença que as autoridades de saúde denominam de healthy growth, como se o aumento da doença fosse algo saudável, é saudável para esses parasitas desses médicos e farmacêuticas criminosas que se tornam milionários com a venda de várias doses de medicamentos no valor de triliões de euros e que não cura ninguém, pelo contrário, provoca a morte e uma série de outras doenças e distúrbios tal como aqui já vos mostrei!

Esse médico e político Fernando Leal da Costa mente e engana várias vezes nesse artigo que ele publicou no jornal Observador, que irá ser alvo de análise no meu próximo artigo! Ele mente descaradamente e isso é no mínimo vergonhoso, é desonesto, má fé e é crime porque estamos perante assuntos de elevado interesse público e de saúde pública! Eu só vou descansar quando vir essa corja toda de médicos e doutorados atrás das grades que é o sítio onde essas bestas todas deviam estar há já muito tempo!

Analisem esta investigação que eu fiz ao medicamento mais caro do mundo, e comparem com o artigo que essa besta médica publicou no jornal Observador que conseguirão identificar facilmente as mentiras. Uma das principais mentiras escrita por esse médico é a forma de actuação do medicamento que ele diz no artigo que repara o gene responsável pela atrofia muscular espinhal, isso é completamente falso, é mentira! O medicamento não repara genes nenhuns nem introduz genes nenhuns que esse médico denomina de vírus modificado! Se realmente há inoculação de vírus modificado com esse medicamento, tal como esse médico afirma, então estamos perante uma situação ainda mais grave pois além do medicamento ser uma fraude é uma arma biológica! O que o medicamento faz é impedir a acumulação das proteínas que provocam a mutação genética mas não repara a mutação genética nem cura a doença e tem muitos efeitos adversos por causa do mecanismo que usa (ASOs) para bloquear a acumulação de proteínas!

Esses médicos são mentirosos e assassinos e por causa dessa corja é que ainda hoje não temos acesso acessível a plantas medicinais e a medicina alternativa que devia ser a medicina convencional porque já deram provas científicas mais do que suficientes que são capazes de tratar e de curar realmente as pessoas em todos os níveis, emocionalmente, psiquicamente e fisicamente! A actual medicina convencional é uma fraude que trata apenas dos sintomas físicos desprezando todos os restantes factores determinantes da saúde de um ser-humano, a parte psíquica, emocional e espiritual!

Este medicamento se for aprovado vai desviar para os sistemas de saúde mais de 50% de todos os orçamentos do estado de todos os países europeus para um medicamento que não trata nem cura mas que provoca muitas outras doenças! É um acto de guerra contra a Europa por parte das grandes farmacêuticas e dos médicos que se prostituem a elas e que estão à espera da aprovação do medicamento mais caro do mundo para ganharem o euro-milhões e irem todos às putas de elite, como esse médico e político Fernando Leal da Costa!

Está oficialmente aberta a caça aos médicos, políticos, jornalistas e crisis actors mafiosos e criminosos que estão envolvidos neste caso do medicamento mais caro e fraudulento do mundo!

O medicamento mais caro do mundo é uma das maiores fraudes do mundo! O Sistema Nacional de Saúde é gerido por criminosos charlatões com doutoramento que gastam milhões de euros no medicamento mais caro do mundo para uma doença que se cura com queijo parmesão, manteiga, legumes e canábis!

A atrofia muscular espinhal é uma doença degenerativa neuromuscular autossómica recessiva frequente, isto é, é uma doença neuromuscular causada por uma mutação genética frequente (degenerativa autossómica recessiva), são genes que não se manifestam de forma funcional e saudável porque sofreram uma alteração e mutação na sua estrutura e programação. Essa alteração e mutação genética é provocada principalmente com as vacinas e tudo o que possa afectar o saudável desenvolvimento do feto durante a gestação e nos primeiros meses de vida do bebé recém-nascido que é a fase mais importante de desenvolvimento do corpo do bebé. A principal causa da atrofia muscular espinhal é a vacinação durante a gravidez e nos primeiros meses de vida!

Existem outros factores causadores deste tipo de mutações genéticas como a geo-engenharia e todo o tipo de contaminantes que entram em contacto com o corpo das pessoas como os xenobióticos alimentares que são ingeridos pelas mulheres grávidas, a água pública cheia de químicos, bactérias coliformes e agrotóxicos, e as fórmulas químicas do leite artificial que dão aos bebés que causam mutações genéticas nos corpos!

Continue reading “O medicamento mais caro do mundo é uma das maiores fraudes do mundo! O Sistema Nacional de Saúde é gerido por criminosos charlatões com doutoramento que gastam milhões de euros no medicamento mais caro do mundo para uma doença que se cura com queijo parmesão, manteiga, legumes e canábis!”