O verdadeiro objectivo da destruição da Notre Dame é reconstruir o topo da catedral com materiais como o vidro que não permite a livre transferência de calor, electricidade, luz e som e que invertem e subvertem o processo de transferência de energia. Em vez da catedral espalhar luz espiritual pelo mundo através das ley lines, converte a luz física em radiação infravermelha para acidificar, oxidar e queimar os espaços, as pessoas e todos os seres-vivos!

Os arquitectos franceses querem substituir o topo da Catedral de Notre Dame por vidro porque o vidro não permite a livre transferência de energia dentro dos edifícios! O vidro não permite a livre transferência de calor, electricidade, luz e som! Por isso é que esses arquitectos (maçonaria) destruíram o pináculo da Notre Dame que era construído com materiais altamente condutores de energia como o cobre, e querem reconstruir esse topo da Notre Dame com vidro que é um dos mais fortes isoladores eléctricos que existe porque possui alta resistividade que isola e bloqueia a livre transferência de energia!

Este é o verdadeiro objectivo da destruição do pináculo da Notre Dame, eles querem destruir a rede natural de energia à volta do planeta e bloquear a livre transferência de energia por todo o planeta para desligar espiritualmente as pessoas e para isso precisam de bloquear essa energia dentro dos edifícios com arquitecturas projectadas com esse fim e disfarçados de falsos jardins ecológicos ocultando o que realmente estão a fazer, a enfraquecer e a bloquear a livre transferência de energia por todo o planeta e a destruir a rede natural de energia à volta da Terra!

Continue reading “O verdadeiro objectivo da destruição da Notre Dame é reconstruir o topo da catedral com materiais como o vidro que não permite a livre transferência de calor, electricidade, luz e som e que invertem e subvertem o processo de transferência de energia. Em vez da catedral espalhar luz espiritual pelo mundo através das ley lines, converte a luz física em radiação infravermelha para acidificar, oxidar e queimar os espaços, as pessoas e todos os seres-vivos!”

A Judiaria internacional Zionista (falsos judeus) destruíram a Catedral de Notre Dame como parte da Agenda 2030 cibernética e transhumanista para implementar os hologramas em espaços históricos e para destruir os locais sagrados (Ley Lines) e eliminar toda a história da humanidade para desligar a espécie humana das esferas espirituais dificultando a evolução espiritual das pessoas que são facilmente formatadas e programadas a cometer os mesmos erros ciclicamente e a comportarem-se como autómatos para servirem as elites judaicas zionistas como escravos sem história, sem memórias, sem Alma, sem Espírito e sem Vida, mortos-vivos!

Incêndio da Catedral de Notre-Dame de Paris: 15-4-2019 = 22

Eles andam a destruir o património histórico em todo o mundo porque eles querem implementar hologramas interactivos nas zonas históricas e usar tecnologia holográfica na preservação do património cultural para censurar, manipular e deturpar digitalmente a história e alienar a mente humana com uma realidade virtual holográfica!

Eles já começaram a condicionar mentalmente as pessoas para se habituarem a tecnologia holográfica através do uso de hologramas em eventos culturais e nos circos, em nome da defesa animal, para libertar os animais e substituí-los por hologramas, e agora destroem as catedrais e as zonas históricas mas já têm tudo digitalizado e holografado para depois projectarem os hologramas desses edifícios históricos que foram destruídos nas zonas históricas para habituar as pessoas a aceitar os hologramas como os únicos meios de acesso à história, como meios interactivos de aceder ao conhecimento, que vai ser sempre censurado, limitado, deturpado e manipulado aos interesses dos governos e das elites porque sem livros e sem acesso físico aos locais históricos ninguém conseguirá verificar a veracidade dos conteúdos holográficos e muito menos investigá-los de forma aprofundada e independente!

Continue reading “A Judiaria internacional Zionista (falsos judeus) destruíram a Catedral de Notre Dame como parte da Agenda 2030 cibernética e transhumanista para implementar os hologramas em espaços históricos e para destruir os locais sagrados (Ley Lines) e eliminar toda a história da humanidade para desligar a espécie humana das esferas espirituais dificultando a evolução espiritual das pessoas que são facilmente formatadas e programadas a cometer os mesmos erros ciclicamente e a comportarem-se como autómatos para servirem as elites judaicas zionistas como escravos sem história, sem memórias, sem Alma, sem Espírito e sem Vida, mortos-vivos!”