A DGS (Direção-Geral da Saúde) é uma organização terrorista, a Graça Freitas é uma puta submissa, o António Lacerda Sales é um mentiroso e parasita do Estado com cara de peixe morto e o Dr. Carlos Veríssimo é um grandessíssimo criminoso que quer foder as mulheres grávidas e os seus bebés à nascença e separá-los das suas mães em nome de um vírus e de uma calamidade pública que não existe!

A DGS está a fazer os testes COVID-19 para capturar o ADN das pessoas através da amostra de sangue para poderem atacar as pessoas geneticamente com os telemóveis e a rede wireless 5G Smart Grid que funciona como uma arma biogenética, eles só precisam de uma amostra do ADN para conseguirem atacar geneticamente essa pessoa de forma direccionada através da rede wireless e os telemóveis Smat Phones. Por isso é que eles querem as pessoas contactáveis remotamente após os testes porque eles sabem perfeitamente que os testes ao COVID-19 é para captura do ADN para usarem o código genético na Smart Grid como uma arma biogenética para adoecer as pessoas e forçá-las a internamentos e tratamentos compulsivos, e justificar a vacinação que é uma arma biológica tal como já expus aqui!

Continue reading “A DGS (Direção-Geral da Saúde) é uma organização terrorista, a Graça Freitas é uma puta submissa, o António Lacerda Sales é um mentiroso e parasita do Estado com cara de peixe morto e o Dr. Carlos Veríssimo é um grandessíssimo criminoso que quer foder as mulheres grávidas e os seus bebés à nascença e separá-los das suas mães em nome de um vírus e de uma calamidade pública que não existe!”