As mulheres grávidas estão a ser assassinadas nos hospitais portugueses pela máfia médica e as suas putas assassinas enfermeiras para proibir os partos naturais, para roubo de sangue, órgãos, fetos e células estaminais e para arrancar precocemente os bebés do útero das suas mães para os raptar e colonizar com incubadoras que são armas biológicas alienígenas!

Reparem como a máfia médica que escreveu esta notícia na comunicação social (Diário de Notícias), e que constitui um crime e um atentado à saúde pública por várias razões que vou desenvolver e fundamentar, quer-nos fazer crer que a ingestão do líquido amniótico é perigoso, quando não é, na verdade a ingestão do líquido amniótico é essencial porque o bebé alimenta-se essencialmente e apenas do líquido amniótico quando se desenvolve no útero da sua mãe dentro de uma bolsa aminiótica!

Qualquer bebé só se consegue desenvolver e ser gerado através da ingestão do líquido amniótico que é o que faz desenvolver o corpo do bebé, crescer os ossos, os órgãos e faz com o que o bebé induza o parto naturalmente de dentro para fora com o arrebentamento das águas que é um líquido amniótico que é um sub-produto do plasma sanguíneo quer da mãe quer do bebé e que não há problema nenhum se o sangue da mãe e do seu bebé estiver em contacto com o líquido amniótico porque o líquido amniótico é literalmente o sangue da mãe e do bebé e não há contaminação nenhuma porque se houvesse contaminação o bebé nem sequer chegaria a desenvolver-se no útero porque o corpo da mãe rejeitaria de imediato o feto e abortava-o! É a mãe e o seu bebé que têm de induzir o parto de dentro para fora e não os médicos e enfermeiros de fora para dentro! Isto é fundamental!

A máfia médica quer proibir os partos naturais

Todos os bebés desenvolvem-se no útero dentro de uma bolsa amniótica que é literalmente a urina da mãe que é um sub-produto do plasma sanguíneo da mãe com os mesmos constituintes do sangue (ver aqui), não existe contaminação do sangue com o líquido amniótico! Isso é mentira!!! Se esta história for verídica (temos de desconfiar de tudo que é publicado hoje em dia na comunicação social) esta mulher grávida foi assassinada no hospital com medicação para induzir o parto e outros fármacos, a mulher foi assassinada no hospital para proibirem os partos naturais!

O líquido amniótico é o que gera a vida do feto e do bebé, o líquido amniótico não é contaminante se estiver em contacto com o sangue como eles nos querem fazer crer porque o líquido amniótico é o próprio sangue! Isto é um escândalo, o que eles estão a fazer na comunicação social é uma mentira e constitui um crime porque estamos perante deturpações, falsidades, enganos e mentiras perante as evidências científicas que nos dizem precisamente o contrário do que eles afirmam na comunicação social!

Este tipo de jornalismo constitui um crime e quem o redige e publica juntamente com o órgão de comunicação social deve ser julgado e condenado criminalmente porque este tipo de falsas notícias constituem um atentado à saúde pública e tem o único propósito de enganar e de amedrontar as pessoas para afastar as mulheres dos partos naturais e para que as mulheres não tenham responsabilidade sobre o seu próprio corpo e sobre o seu filho que é seu, é da mãe e não dos médicos e enfermeiros, o filho é gerado dentro do corpo da mulher, é da mãe e não do hospital!

O bebé é gerado no corpo e útero da sua mãe dentro de uma bolsa amniótica que é um sub-produto do sangue da mulher grávida e que é totalmente compatível com o sangue porque o líquido amniótico é o próprio sangue da mãe que é usado em forma de líquido amniótico para desenvolver o feto e fazer gerar o bebé!

Eles estão a incriminar os médicos que fizeram o correcto, insistir no parto natural. Ou toda esta história é falsa e é mais uma fabricação da comunicação social a mando da máfia médica ou então alguém dentro do hospital (enfermeiros ou médicos da máfia médica) medicaram e assassinaram de propósito esta mulher para alterar a Lei e proibir os partos naturais em nome de uma falsa saúde porque o que eles querem é destruir os partos naturais para os substituir por reproduções medicamente assistidas para provocar abortos espontâneos e nascimentos precoces para ligar os bebés às incubadoras que são armas alienígenas para contaminação e colonização dos pulmões e da flora intestinal e cerebral com máquinas e substâncias químicas como o oxigénio hospitalar que é um ácido e gerador de ácidos, o oxigénio hospitalar é uma substância alienígena, os bebés não respiram oxigénio e muito menos oxigénio hospitalar!

O que essa máfia médica quer fazer é impedir as mães de colonizar naturalmente os pulmões e a flora intestinal dos seus bebés que é o procedimento natural, correcto e saudável que deve ser feito e não usar incubadoras que são armas alienígenas que destroem a flora intestinal, cerebral e contaminam os pulmões à nascença colonizando a flora intestinal, os pulmões e o cérebro do bebé com frequências alienígenas induzidas através das incubadoras que o que fazem é literalmente incubar micro-organismos patógenos (estranhos ao corpo do bebé como o oxigénio hospitalar e outras substâncias farmacológicas, venenos) que alteram as frequências cerebrais do bebé (a flora intestinal está ligada com a flora cerebral) e apoderam-se da mente e do sistema nervoso central do bebé controlando todos os seus sistemas corporais e enfraquecem e adoecem facilmente os bebés fazendo com que todos os bebés que nascem de parto induzido e que são ligados às incubadoras se tornem dependentes da indústria médica e farmacêutica, é literalmente uma possessão e colonização alienígena (estranha ao bebé e à sua mãe) o que eles fazem com as incubadoras e com os partos induzidos!

Esta mulher foi assassinada no hospital

O sangue não é envenenado pelo líquido amniótico porque o líquido amniótico é um sub-produto do próprio sangue! O sangue foi envenenado pelos medicamentos e pela transfusão de sangue que foi o que lhe causou a morte! Esta mulher foi assassinada no hospital pela medicação e pela transfusão de sangue!

Não existe embolia de líquido amniótico! Isto é completamente falso, é mentira! Esta gente é mentirosa e assassina! Não existe contaminação nenhuma, o sangue não é contaminado pelo líquido amniótico porque o líquido amniótico é um sub-produto do próprio sangue, não há incompatibilidade, não há contaminação nenhuma! A única contaminação que pode ter ocorrido foi nas três transfusões de sangue que lhe fizeram e isso sim pode ter causado a morte imediata da mulher por paragem cardiorrespiratória por causa da incompatibilidade e contaminação sanguínea!

Eles estão a mentir para ocultar a causa da morte que foi provocada pelas transfusões de sangue, pela medicação para induzir o parto e provavelmente com outros fármacos e tratamentos que deram à mulher grávida!

Ecografias são armas electromagnéticas e nucleares direccionadas ao útero que provocam descolamento de placenta, deformações congénitas, abortos espontâneos e dificultam o parto natural porque o bebé ao ser gerado no útero é atacado com feixes electromagnéticos, com partículas radioactivas alfa (nucleares) e beta (electromagnéticas) que provocam partos prematuros, dificultam os partos naturais e podem matar a mulher grávida e o bebé.

As mulheres grávidas estão a ser assassinadas nos hospitais
Ecografias são armas electomagnéticsa dirigidas ao útero!

Esta mulher grávida foi assassinada no hospital com medicação para induzir o parto e com as transfusões de sangue que lhe fizeram que contaminou o sangue dela e provocou a paragem cardiorrespiratória!

Eles mentem! As mulheres não morrem por terem os filhos mais tarde, as mulheres morrem porque são assassinadas nos hospitais com vacinas, fármacos e tratamentos médico-hospitalares! As mulheres grávidas estão a ser assassinadas nos hospitais com fármacos, tratamentos e vacinas porque não se podem vacinar nem medicar mulheres grávidas mas a Direção-Geral da Saúde continua a fazê-lo de forma criminosa!

A gestação está relacionada com as fases da Lua e não com 9 meses de um calendário que não existe na natureza e que tem sido usado ao longo dos séculos pelas autoridades como medida temporal artificial para controlar todas as mulheres de forma igual e padronizada, como se todas as mulheres fossem iguais que têm de ser medidas e tratadas da mesma forma! Isso é mentira, isso é programação mental e social que tem provocado muitos problemas durante a gravidez porque se uma mulher grávida ao fim de 9 meses não começa o trabalho de parto, começa logo a ficar nervosa, ansiosa, com medo, em stress, o que vai causar muitos problemas ao bebé, ao feto e ao corpo da mulher grávida, e que vai justificar a intervenção médica e hospitalar, que é isso que as autoridades querem, porque as mulheres ficam com medo e em estado de choque emocional e perdem o controlo do seu corpo e do seu bebé!

Human blood cultures were exposed to ultrasound from an ultrasonic fetal heart detector for periods of one and two hours. Considerable increases in the number of chromosome aberrations over control values were found” – Source

Please keep in mind that pregnant women are often exposed to ultrasonic fetal heart monitors for hours (or even days) during hospital birth. Since past studies have documented (a) chromosome aberrations, (b) rupture and destruction of red blood cells [59], (c) reduced white blood cell counts in exposed populations [60] and (d) free radicals in amniotic fluid and blood plasma [61], from exposure to ultrasound, it is important to determine what is happening to the blood of incoming infants when they are exposed to ultrasonic irradiation during pregnancy and childbirth.” – Source

When the pregnant women during the whole period of pregnancy were ultrasonically irradiated once or twice, the forming rate of rosette red blood cell C3b receptors of the newborns decreased and the forming rate of rosette red blood cell immune complexes increased. These results indicate that erythrocyte immune regulative systems of the newborns are out of control when they are irradiated with ultrasound. After 30 minutes of exposure, immune regulative systems of the newborns become dysfunctional” – Source

Os médicos fazem partos induzidos quando quem tem que induzir o parto é o próprio corpo da grávida, é a mulher grávida que tem de induzir o seu parto pela influência da Lua e dos astros! Os partos induzidos por profissionais de saúde é uma prática criminosa que tem vindo a ser cometida desde o início da medicina convencional, que é uma fraude, é um esquema fraudulento de negócio!

O tempo de gestação não é fixo e não é de 9 meses! Um bebé que nasce ao fim de 9 meses ou menos de gestação é um bebé prematuro e a maior parte é por parto induzido que é uma forma de estupro porque viola o corpo da grávida e do bebé, assim como as vacinas que não se podem dar a mulheres grávidas e que as autoridades de saúde estão a dar de forma totalmente criminosa com a cumplicidade das autoridades judiciais e dos governos que nada fazem e devem por isso responder também criminalmente por conivência e cumplicidade! Médicos e autoridades judiciais e governamentais trabalham em conjunto e encobrem-se uns aos outros porque fazem parte da mesma seita criminosa!

Os 9 meses de gestação é programação social e mental que faz uso do calendário gregoriano que é um calendário irregular totalmente desalinhado a nível astronómico e que foi inventado pelos delinquentes homossexuais e tarados sexuais dos papas patriarcais no Vaticano! O tempo de uma gestação tem de ser medida em meses lunares em que uma gestação natural e saudável corresponde a pelo menos 10 a 11 meses lunares de 4 semanas cada mês podendo chegar aos 13 meses lunares, e não os nove meses do calendário dos bêbados gregorianos patriarcais!

“Moreover, if ultrasound can stop sperm production and cook the reproductive organs of adult men, what do we suppose is happening to our developing babies when they direct that beam at the genitals to discover the sex of the child?Source

“Since the 1970s, pregnant women have been repeatedly told that ultrasound is “just sound waves” and, therefore, “perfectly safe” during pregnancy. They have been encouraged by care providers to undergo multiple ultrasound scans and Doppler fetal heart monitoring (also ultrasound based) during pregnancy, and sometimes they and their babies are exposed to ultrasonic monitors for hours during hospital birth.”Source

“But ultrasound is not just sound waves. In fact, it is non-ionizing radiation, and many hundreds of studies have shown that this type of radiation is harmful. Humans and other life forms are in danger from exposure to non-ionizing technologies, and this is especially true for children and developing babies in the womb.”Source

“We can find ultrasound listed on the FDA’s website in a section entitled Radiation-Emitting Products. There we are told that “ultrasound… is based on nonionizing radiation, so it does not have the same risks as x-rays…” However, study after study has confirmed that ultrasound produces very similar biological damage to the damage caused by x-rays. One study found that a single exposure to ultrasound produced DNA damage similar to that caused by 250 chest x-rays.” – Source

“DNA-damaged fetal cells can quickly replicate and multiply during cell division, leaving babies susceptible to mutated development, and/or cancerous tumors, leukemia, and other life-threatening illnesses over time. Ultrasound damage is insidious since the beam can penetrate deep into the body without showing any signs of damage on the skin. Children who are exposed to ultrasound may look normal, but the internal contents of their bodies have been cooked, causing damage to blood, brain, bones, reproductive organs, heart, and more. Prenatal ultrasound is being linked to intrauterine growth retardation, low birth weight, fetal abnormalities, fetal demise, miscarriage, premature birth, infertility, heart defects, autism, childhood hearing loss, speech problems, leukemia, and more.Source

Os partos hospitalares destroem o vínculo materno e familiar!

Referências:

Nama Ray foi assassinada pelas autoridades de saúde portuguesas na Maternidade Alfredo da Costa e no Hospital Curry Cabral, porque foi alvejada e vítima de monitorização electrónica da frequência cardíaca fetal que é uma arma militar usada pelas autoridades de saúde que provoca danos fetais e que danifica os órgãos do bebé e da mulher grávida provocando hemorragias, abortos e partos prematuros!

A DGS (Direção-Geral da Saúde) é uma organização terrorista, a Graça Freitas é uma puta submissa, o António Lacerda Sales é um mentiroso e parasita do Estado com cara de peixe morto e o Dr. Carlos Veríssimo é um grandessíssimo criminoso que quer foder as mulheres grávidas e os seus bebés à nascença e separá-los das suas mães em nome de um vírus e de uma calamidade pública que não existe!

A Direcção Geral de Saúde acaba de assassinar mais duas crianças com armas biológicas: vacinas!

Os Hospitais são Templos Satânicos e as Maternidades foram encerradas para centralizar os Partos nos Hospitais para tráfico de sangue e de órgãos!

Os Hospitais são Templos Satânicos e as Maternidades foram encerradas para centralizar os Partos nos Hospitais para tráfico de sangue e de órgãos!

Porque razão os vampiros das autoridades de saúde construíram hospitais e querem construir ainda mais hospitais!

A RTP e o Prós e Prós com os seus Agentes Satânicos PsyOPs a manipular a opinião pública com o medo, mentiras e falácias para raptar as crianças aos seus Pais para as drogar e vacinar obrigatoriamente!

COVID-19: Os sem-abrigo, crianças órfãs, deficientes e os idosos estão a ser assassinados nos hospitais? Porque é que os hospitais estão vazios com policiamento se as pessoas foram obrigadas a ficar em casa? Para não haver testemunhas dos crimes que as autoridades estão a cometer nos hospitais?

Os Municípios estão a contaminar as ruas com armas biológicas para adoecer, esterilizar e matar as pessoas nos hospitais com doenças que eles próprios provocam para atribuírem a causa dessas doenças ao COVID-19 e manter assim o estado de emergência e os internamentos e tratamentos compulsivos!

COVID-19: Velórios sem missa e com o caixão fechado junto da sepultura ou do crematório é um ritual satânico para encobrimento dos crimes cometidos nos hospitais pelas autoridades de saúde, para não ser possível aos familiares descobrir que o corpo foi assassinado nos hospitais e violado para tráfico de sangue e de órgãos!

COVID-19: A indústria médica e farmacêutica quer usar os ventiladores para matar idosos, mulheres grávidas e crianças com pneumonias para justificar a contratação de novo equipamento médico-hospitalar no valor de milhões de euros, construção de novos hospitais e decretar vacinação obrigatória para doenças e mortes que eles próprios causam com ventiladores e bacteriófagos (vírus nanotecnológicos)

O INEM, a Direção-Geral da Saúde e a Polícia Judiciária que são grupos terroristas de crime altamente organizado, querem-nos convencer através de fake news divulgadas pelos órgãos de comunicação social, que as mulheres grávidas que têm os seus filhos fora dos hospitais são mentirosas, doentes e criminosas que escondem a sua gravidez dos namorados, família e das autoridades médicas que querem obter poder absoluto sobre o corpo e a vida de todas as mulheres e crianças!

O caso do bebé encontrado no lixo é uma operação mediática das autoridades de saúde com a conivência das autoridades judiciais para obrigar todas as mulheres grávidas a ter os seus filhos nos hospitais e a serem violadas com dispositivos electrónicos RFID implantados no corpo das mulheres e dos seus bebés em nome da prevenção ao abandono e usurpação dos Direitos Maternos para que seja o Estado e as autoridades de saúde a mandar no corpo e na vida das mulheres e dos seus filhos em nome da segurança!

Os planos de parto são um Cavalo de Tróia para aprisionar os Portugueses em Gulags (Smart Cities que começam nos Hospitais), continuar a destruir o Matriarcado, acabar com a autoridade das Mães sobre os seus Filhos e obrigar os bebés que nascem a se alimentarem com fórmulas infantis em vez de mamarem nas Tetas da sua Mãe!

O teste do pezinho é um crime cometido pelos satânicos da indústria médico-farmacêutica para roubar o ADN e desligar o campo magnético Solar (Heliosfera) dos Seres-Humanos quando nascem na Terra!

A saliva tem agentes antibacterianos, antivirais e antifúngicos, e assim como a urina é o medicamento natural e gratuito mais poderoso e eficaz para o tratamento e cura de feridas e infecções!

A Máfia do Sangue!

Health authorities want premature babies to steal stem cells and breast milk!

Os Cursos de Medicina Convencional são uma fraude porque qualquer pessoa pode ser médica em apenas 6 meses tal como Galeno de Pérgamo, um dos pais da Medicina, defendia!

As autoridades de saúde querem bebés prematuros para roubar as células estaminais e o leite materno das mulheres grávidas quando o corpo do bebé ainda está em fase de desenvolvimento porque é nessa fase que as células estaminais atingem níveis muito elevados de estamina! (versão actualizada no YouTube)

Urophagia: Prevenção, tratamento e cura natural e gratuita para várias doenças com a ingestão do ouro do sangue e o elixir da vida que é a urina!

Beber a nossa própria urina e fazer jejum intermitente cura e previne qualquer doença e purifica e rejuvenesce todo o nosso corpo!