A escola pública é privada? Parte 3 de 7

Clica aqui para leres a 2ª Parte
Clica aqui para leres a 1ª Parte

Os alunos são avaliados pelos examinadores antes de serem inseridos no mercado, tal como os produtores avaliam a sua mercadoria antes de a empacotar, para a diferenciar e a vender em diferentes lotes, com diferentes valores de mercado, para diferentes compradores! Tal e qual o que fazem com os alunos e com os professores, avaliando-os! No caso dos Professores, uns ficam por mérito, outros ficam por cunha, outros são forçados a emigrar e outros ficam no desemprego! E no caso dos alunos, os que têm melhor nota são vendidos aos mercadores pelo preço mais alto (salários mais altos), outros são colocados por cunha, outros são forçados a emigrar e outros ficam no desemprego!

Já toda a gente sabe ou pelo menos sente intuitivamente que as avaliações não fazem sentido nenhum existirem e que na prática não funcionam, porque um aluno de 20 não é automaticamente um excelente profissional, assim como um aluno de 10 não é um péssimo profissional, muitas vezes é precisamente o contrário, os alunos com piores notas acabam por ser melhores profissionais porque o profissionalismo de alguém não se mede com números e muito menos com juízos de valor em sistemas de avaliação!

Continue reading “A escola pública é privada? Parte 3 de 7”