O caso da criança Valentina que as autoridades dizem que desapareceu e que foi assassinada pelos pais é uma mega operação mediática da Polícia Judiciária e do Governo para obrigar as crianças e os pais a usar pulseiras electrónicas, e acabar com os direitos parentais para ser o Governo e as autoridades de saúde a mandar no corpo e na vida das crianças!

O que eles estão a fazer é a tentar acabar com os direitos parentais e maternais e raptar oficialmente as crianças dos seus seios familiares em nome de uma falsa prevenção uma vez que estes casos mediáticos são todos fabricados, são todos falsos! Qualquer caso de desaparecimento de crianças ou de violência doméstica que seja altamente mediatizado, é porque tem agenda por detrás! O que esses desgraçados querem fazer é isto: Em caso de separação dos pais, as autoridades querem impedir que um dos progenitores fique com as crianças em nome do superior interesse das crianças porque supostamente o pai ou a mãe podem matar a criança!

Continue reading “O caso da criança Valentina que as autoridades dizem que desapareceu e que foi assassinada pelos pais é uma mega operação mediática da Polícia Judiciária e do Governo para obrigar as crianças e os pais a usar pulseiras electrónicas, e acabar com os direitos parentais para ser o Governo e as autoridades de saúde a mandar no corpo e na vida das crianças!”

O caso da criança Julen que morreu ao cair num poço é uma operação dos serviços de inteligência e uma encenação mediática para aprovar legislação que impeça as pessoas de aceder livremente à água através dos poços! Faz tudo parte da Agenda 21 e 2030 que pretende impedir o acesso livre aos recursos naturais por parte das populações para controlar a água com a monitorização electrónica!

O caso da criança Julen que supostamente morreu ao cair num poço, é uma operação mediática e dos serviços de inteligência no seguimento da agenda 21 e 2030 transhumanista que pretende impedir as populações de aceder livremente à água e retirar os direitos às crianças e familiares para ser o Estado e as autoridades de saúde a ter poder sobre as crianças e não mais os familiares das crianças!

Continue reading “O caso da criança Julen que morreu ao cair num poço é uma operação dos serviços de inteligência e uma encenação mediática para aprovar legislação que impeça as pessoas de aceder livremente à água através dos poços! Faz tudo parte da Agenda 21 e 2030 que pretende impedir o acesso livre aos recursos naturais por parte das populações para controlar a água com a monitorização electrónica!”