As maratonas e as corridas nas cidades são experiências-piloto para usar as pessoas como cobaias no uso do RFID e da geo-localização e são atentados de terrorismo económico e social para provocar o caos nas cidades e desviar o trânsito para as grandes superfícies como o Pingo Doce e destruir dessa forma o comércio local e tradicional!

As corridas nas cidades, as maratonas, meias maratonas, e todos os eventos desse género que estão a ser feitos de forma cada vez mais recorrente nas cidades são atentados de terrorismo económico e social e um atentado à saúde pública porque correr até à exaustão e ainda por cima no meio das cidades não faz bem à saúde de um corpo ao contrário do que as pessoas pensam! Eu já vos expliquei isso muito bem aqui!

Estes eventos criminosos estão a ser cometidos com a total cumplicidade e conivência das autoridades policiais, quer da GNR quer da PSP quer da Polícia Judiciária que fazem parte da seita psicopata e das máfias da elite cabal que nos querem monitorizar e controlar a todos com dispositivos electrónicos que fazem uso de tecnologia RFID e da Geo-localização incorporados nos dorsais e nas pulseiras dos kits que são fornecidos no momento da inscrição deste tipo de eventos para serem usados no corpo dos participantes durante as maratonas!

Continue reading “As maratonas e as corridas nas cidades são experiências-piloto para usar as pessoas como cobaias no uso do RFID e da geo-localização e são atentados de terrorismo económico e social para provocar o caos nas cidades e desviar o trânsito para as grandes superfícies como o Pingo Doce e destruir dessa forma o comércio local e tradicional!”

O ataque à escola do Brasil foi uma encenação mediática e uma operação false flag cometida pela polícia militar e pelos serviços de inteligência com a assinatura do Vaticano e do complexo militar, médico e farmacêutico e com a cumplicidade de crisis actors como é típico neste tipo de operações!

jogo de cartas illuminati

O objectivo deste tipo de falsos atentados de terrorismo cometido nas escolas é implementar medidas de segurança biométrica nas escolas e nos alunos com dispositivos RFID e de geo-localização para monitorizar electronicamente todos as crianças e todos os alunos em nome de uma falsa segurança uma vez que são as próprias autoridades e serviços de inteligência que cometem estes falsos atentados com encenações teatrais e fake news espalhadas na comunicação social como verdadeiras!

Reparem nas fotografias editadas dos supostos autores que eles publicaram na comunicação social com filtros de pixelização e de ruído (distorção) para não ser possível a correcta análise forense e a identificação dos supostos autores do atentado! Eles usaram estas fotos para manipulação mental e programação social no seguimento da agenda 2030 que pretende controlar e monitorizar todas as crianças e adolescentes, porque é uma fotografia de uma criança e de um adolescente como sendo os supostos autores dos atentados. Crianças e adolescentes são as principais faixas etárias que as elites querem controlar, monitorizar e escravizar!

Continue reading “O ataque à escola do Brasil foi uma encenação mediática e uma operação false flag cometida pela polícia militar e pelos serviços de inteligência com a assinatura do Vaticano e do complexo militar, médico e farmacêutico e com a cumplicidade de crisis actors como é típico neste tipo de operações!”