A pergunta (O que é que queres ser quando fores grande) que o sistema educacional português faz às crianças, é um acto de abuso de menores e de violência infantil e doméstica que explora a inocência da criança para a manipular mentalmente e emocionalmente fazendo crer à criança que ela não existe porque tem de ser alguém e se tem de ser alguém é porque ainda não é!

Para os meus leitores internacionais, aqui fica a transcrição das imagens:

Mamã quando for grande quero ser alguém como os Doutores. Diz aqui no livro que para sermos alguém temos de decorar resmas de livros certificados e aprovados pelos Doutores. Eu vou decorar este livro que é a Arte de Furtar e que está aprovado pelo Doutor (H)iena e depois vou ganhar muito dinheiro enganando as pessoas com a minha inteligência rabina!

Os Doutores são génios assim como uma tartaruga também pode ser um génio pois temos o caso da tartaruga genial que é uma prova científica irrefutável e cohort da horta do Son Goku que demonstra que as tartarugas e os doutores não são assim tão diferentes uns dos outros, biologicamente são diferentes (discutível) mas intelectualmente são idênticos porque são ambos geniais!
Continue reading “A pergunta (O que é que queres ser quando fores grande) que o sistema educacional português faz às crianças, é um acto de abuso de menores e de violência infantil e doméstica que explora a inocência da criança para a manipular mentalmente e emocionalmente fazendo crer à criança que ela não existe porque tem de ser alguém e se tem de ser alguém é porque ainda não é!”

A escola pública é privada? Parte 3 de 7

Clica aqui para leres a 2ª Parte
Clica aqui para leres a 1ª Parte

Os alunos são avaliados pelos examinadores antes de serem inseridos no mercado, tal como os produtores avaliam a sua mercadoria antes de a empacotar, para a diferenciar e a vender em diferentes lotes, com diferentes valores de mercado, para diferentes compradores! Tal e qual o que fazem com os alunos e com os professores, avaliando-os! No caso dos Professores, uns ficam por mérito, outros ficam por cunha, outros são forçados a emigrar e outros ficam no desemprego! E no caso dos alunos, os que têm melhor nota são vendidos aos mercadores pelo preço mais alto (salários mais altos), outros são colocados por cunha, outros são forçados a emigrar e outros ficam no desemprego!

Já toda a gente sabe ou pelo menos sente intuitivamente que as avaliações não fazem sentido nenhum existirem e que na prática não funcionam, porque um aluno de 20 não é automaticamente um excelente profissional, assim como um aluno de 10 não é um péssimo profissional, muitas vezes é precisamente o contrário, os alunos com piores notas acabam por ser melhores profissionais porque o profissionalismo de alguém não se mede com números e muito menos com juízos de valor em sistemas de avaliação!

Continue reading “A escola pública é privada? Parte 3 de 7”

A escola pública é privada? Parte 2 de 7

Clica aqui para leres a 1ª Parte

E para quem ainda duvida que o ensino públio é totalmente controlado por grupos privados, reparem bem: Os professores e muitos outros funcionários públicos quando são colocados, com excepção das conhecidas e famosas situações de cunhas, são destacados para muito longe das suas terras em nome de quem e do quê? Dos mercadores e dos seus mercados! Quem beneficia com isso? Os mercadores! Petrolíferas, transportes públicos, o combustível do carro, as viagens sucessivas entre casa e escola, os negócios imobiliários que os professores têm de se sujeitar de cada vez que procuram casa para habitar temporariamente com futuro incerto, os hipermercados que vendem mais nas zonas de maior concentração estudantil, e no topo da pirâmide os amigos dos mercadores, os cobradores de impostos do estado que vão saquear o dinheiro do trabalho dos outros! É tudo arquitectado e engendrado pelos maçonzinhos para beneficiar unicamente as suas contas bancárias, os seus mercados, a lei do mercado!

Continue reading “A escola pública é privada? Parte 2 de 7”