Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 12 – O enterro da gata

As praxes não são nem nunca foram tradições académicas, são práticas fascistas que já foram proibidas várias vezes precisamente por serem práticas criminosas e ilegais, de subversão dos valores Humanos em que quem é mais besta, incompetente e inútil é que fica no topo da pirâmide a mandar com rótulos estúpidos e descabidos como “cabide de cardeais”, Dux, Dux Duxorum, Veteranorum, etc.

Continue reading “Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 12 – O enterro da gata”

Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 9 – O Tricórnio da Universidade do Minho – Addendus

Este artigo vem na sequência do artigo anterior (Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 9 – O Tricórnio da Universidade do Minho), e vem confirmar que tudo aquilo que escrevi não só é verdadeiro como anda a incomodar alguma gentalha que teve a lata e o desplante de censurar, entenda-se, literalmente eliminaram uma parte da página da Universidade do Minho na Wikipédia referente ao Tricórnio da Universidade do Minho, na secção “Traje dos Estudantes da Universidade do Minho”, como podem ver aqui o que lá estava antes de terem censurado e eliminado essa parte no dia 1 de Outubro de 2013, às 01h29m, pelo IP (188.82.93.105) proveninente de Braga!

Continue reading “Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 9 – O Tricórnio da Universidade do Minho – Addendus”

Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 9 – O Tricórnio da Universidade do Minho

Como todos sabem o tricórnio é parte integrante do traje académico da Universidade do Minho.

Conceito de amizade segundo os universitários e as associações académicas
Continue reading “Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 9 – O Tricórnio da Universidade do Minho”

Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 8 – A Latada e Imposição de Insígnias

» Definição Oficial:

“A Festa das Latas e Imposição de Insígnias (FL) é a primeira festa académica dos recém chegados a Coimbra. Com origens no século XIX, a FL nem sempre foi comemorada como agora. Inicialmente, cada faculdade tinha o seu próprio cortejo, realizado em dias diferentes do mês de maio, para celebrar o fim da época de exames. Atualmente, a Latada, como é chamada, tem o seu início com a Serenata e o cortejo é o ponto alto da semana, onde os “caloiros” desfilam em trajes escolhidos pelos “doutores” que aproveitam para enviar mensagens satíricas à sociedade.

Continue reading “Praxes académicas – The Manuale Scholarium – Parte 8 – A Latada e Imposição de Insígnias”